Transtorno depressivo recorrente: 14 informações importantes

Transtorno depressivo recorrente

Públicado em: 18 de dezembro de 2021

Última Atualização em: 18 de dezembro de 2021

Entenda o que é o transtorno depressivo recorrente e saiba mais sobre essa condição psicológica que afeta tantas pessoas. Afinal, a conscientização é o primeiro passo para buscar a ajuda certa. Acompanhe e saiba mais!

O que é transtorno depressivo recorrente
O que é transtorno depressivo recorrente

Conteúdo que será abordado:

  1. O que é transtorno depressivo recorrente?
  2. O que significa transtorno depressivo recorrente grave?
  3. Quais são os sintomas de transtorno depressivo recorrente?
  4. O que é transtorno depressivo recorrente com sintomas psicóticos
  5. Transtorno depressivo recorrente é alienação mental?
  6. O que é transtorno depressivo recorrente moderado?
  7. O que é transtorno depressivo recorrente leve?
  8. O que é transtorno depressivo recorrente aposentadoria por invalidez?
  9. Como funciona o transtorno depressivo recorrente na aposentadoria?
  10. Transtorno depressivo recorrente tem cura?
  11. Qual o tratamento para transtorno depressivo recorrente?
  12. Transtorno depressivo recorrente segundo CID
  13. Quais são os tipos de transtorno depressivo recorrente?
  14. Quais são as causas do transtorno depressivo recorrente?

1- O que é transtorno depressivo recorrente?

Podemos dizer que o transtorno depressivo recorrente é um subtipo de depressão com episódios recorrentes. Isto é, enquanto em alguns casos o indivíduo tem apenas breves crises de depressão, o transtorno recorrente é visto como aquele que se repete de novo e de novo. Ou seja, se torna recorrente na vida do indivíduo. 

2- O que significa transtorno depressivo recorrente grave?

Existem alguns graus de gravidade de um transtorno depressivo: leve, moderado e grave. No caso dos dois primeiros, o indivíduo tende a ter sintomas um pouco mais leves, ou seja, ele sente os impactos da depressão, mas ainda consegue seguir com a sua rotina.

Já no caso mais grave, o humor deprimido pode ser tão intenso a ponto de impedi-lo de sair da sua cama. E, em casos graves também é possível se deparar com as ideações e tentativas de suicídio.

3- Quais são os sintomas de transtorno depressivo recorrente?

São diversos os sintomas que podem ser percebidos. Eles perpassam questões psicológicas, físicas e comportamentais. Veja alguns sinais:

Sintomas comportamentais

  • Isolamento.
  • Agressividade.
  • Falta de interação.
  • Mudança brusca de rotina (por exemplo, só fica deitado).
  • Choro excessivo e repentino.
  • Abuso de substâncias químicas.

Sintomas psicológicos

  • Sentimento de culpa sem motivo.
  • Baixa autoestima.
  • Tristeza intensa.
  • Insegurança.
  • Pensamentos relacionados à morte.
  • Frustração.
  • Sobrecarga emocional.
  • Irritabilidade.
  • Infelicidade recorrente.

Sintomas físicos

  • Dores no corpo sem causa aparente.
  • Distúrbios do sono.
  • Distúrbios de apetite.
  • Fadiga constante.
  • Emagrecer ou engordar de forma repentina.
  • Dores de cabeça.
  • Problemas digestivos.
  • Falta de energia corporal.

4- O que é transtorno depressivo recorrente com sintomas psicóticos?

Trata-se de um subtipo do quadro depressivo com traços psicóticos. Assim, o indivíduo pode ter sintomas como delírios e alucinações.

5- Transtorno depressivo recorrente é alienação mental?

Não necessariamente, pois tudo depende da intensidade dos sintomas e da capacidade que o indivíduo tem de gerir a sua própria vida.

Isso porque a alienação mental é a deterioração (aguda ou permanente) das capacidades mentais de lidar consigo mesmo e gerir a sua vida. É quando a pessoa perde a consciência dos seus atos e não possui faculdades mentais para cuidar de si mesma sozinha.

Isso pode acontecer não apenas na depressão, como também em outros transtornos mentais.

6- O que é transtorno depressivo recorrente moderado?

Diferente do caso grave, é quando os sintomas da depressão são moderados.

7- O que é transtorno depressivo recorrente leve?

Neste caso, os sintomas são mais leves e normalmente o indivíduo segue com a sua vida como de costume. Ou seja, a condição mental não afeta a sua forma de viver a vida, embora cause descontentamento e frustrações. 

8- O que é transtorno depressivo recorrente aposentadoria por invalidez?

O transtorno depressivo recorrente incapacidade pode resultar em uma aposentadoria por invalidez. Para isso, o sujeito deverá passar por perícia médica e deverá ficar comprovada a incapacidade que o indivíduo tem de executar atividades laborais.

9- Como funciona o transtorno depressivo recorrente na aposentadoria?

Nesse caso, o sujeito passará por uma perícia médica. Aqui, os potenciais exames ou anamnese serão levados em conta pelo médico. Caso seja constatada a incapacidade de trabalho do sujeito, este será aposentado por invalidez.

10- Transtorno depressivo recorrente tem cura?

Na realidade, a depressão possui tratamento, mas não cura. Porém, alguns especialistas ainda batem contra essa afirmação. Mas, de qualquer modo, é fato que o indivíduo necessita de acompanhamento profissional para lidar com o seu quadro de depressão. Caso contrário, o problema poderá se agravar cada vez mais, diminuindo a qualidade de vida e, em casos graves, levando à ideação suicida.

11- Qual o tratamento para transtorno depressivo recorrente?

O tratamento precisa ser multidisciplinar. Isso quer dizer que o indivíduo precisa procurar o atendimento psiquiátrico e psicológico.

Assim é possível unir os conhecimentos das duas áreas de saúde mental e viabilizar mais qualidade de vida.

Isso porque o psiquiatra poderá prescrever medicamentos, enquanto o psicólogo trabalha, por meio da psicoterapia, as questões emocionais do sujeito.

12- Transtorno depressivo recorrente segundo CID

Segundo o CID-10 a classificação é a seguinte:

  • F33 – Transtorno depressivo recorrente
  • CID 10 – F33: Transtorno depressivo recorrente;
  • CID 10 – F33.0: Transtorno depressivo recorrente, episódio atual leve;
  • CID 10 – F33.1: Transtorno depressivo recorrente, episódio atual moderado;
  • CID 10 – F33.2: Transtorno depressivo recorrente, episódio atual grave sem sintomas psicóticos;
  • CID 10 – F33.3: Transtorno depressivo recorrente, episódio atual grave com sintomas psicóticos;
  • CID 10 – F33.4: Transtorno depressivo recorrente, atualmente em remissão;
  • CID 10 – F33.8: Outros transtornos depressivos recorrentes;
  • CID 10 – F33.9: Transtorno depressivo recorrente sem especificação.

13- Quais são os tipos de transtorno depressivo recorrente?

Na realidade, o transtorno depressivo recorrente já é um subtipo da depressão. Ele apenas pode ser dividido em quadro psicótico, leve, moderado ou grave. A avaliação profissional, em todos os casos, é essencial para um diagnóstico preciso.

14- Quais são as causas do transtorno depressivo recorrente?

As causas são multifatoriais. Isso quer dizer que não existe apenas uma causa para o transtorno depressivo recorrente.

Mas sim, tudo depende de um conjunto de fatores que influenciam três pontos da vida do sujeito:

  • Sua saúde no sentido biológico.
  • Questões emocionais.
  • Questões sociais.

Esses três fatores podem ser a porta de entrada para o desenvolvimento do transtorno. Assim, a depressão pode estar associada com:

  • Um ambiente familiar tóxico.
  • Trauma.
  • Perdas e lutos.
  • Baixa autoestima.
  • Bullying e violência.
  • Entre muitas outras variáveis.

De qualquer modo, fique atento aos sinais. Se perceber que precisa de ajuda ou que alguém perto de você está sofrendo com depressão, busque ajuda!

Aqui na Interhelp Internação nós buscamos ajudar você nesse sentido. Conte com a gente para encontrar o tratamento na clínica mais perto de você!

Referências

Transtorno depressivo recorrente, episódio atual grave com sintomas psicóticos. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/RFCMS/article/view/40302> Acesso em 13 dez. 2021.

Types of depression. Disponível em: <https://mentalhealth-uk.org/help-and-information/conditions/depression/types-of-depression/> Acesso em 13 dez. 2021.

Persistent depressive disorder (dysthymia). Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/persistent-depressive-disorder/symptoms-causes/syc-20350929> Acesso em 13 dez. 2021.

Conteúdo revisado por: Camila da Silva
Psicóloga (CRP12/17354). Acadêmica de Letras/ Português. Psicanalista em Formação.

Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br  
FALE CONOSCO: 
0800 500 9945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.