Sintomas de crise de abstinência

Sintomas de crise de abstinência

Públicado em: 3 de outubro de 2020

Última Atualização em: 21 de setembro de 2021

Os sintomas de crise de abstinência podem variar de acordo com o tipo de droga que vem sendo descontinuada. Entretanto, há sintomas globais como ansiedade, estresse, depressão, distúrbio do sono, dentre outros fatores. Para entender tudo sobre este assunto, acompanhe o texto a seguir.

Conteúdo que será abordado:

  • Crise de abstinência: O que é?
  • Crise de abstinência, O que fazer?
  • Quais são os sintomas de abstinência de drogas?
  • Como lidar com os sintomas da abstinência de drogas?
  • Quanto tempo dura a abstinência?
  • Abstinência significado – O que é síndrome de abstinência?
  • O que é abstinência e ansiedade e quais os sintomas?
  • Quais são as fases da abstinência?
  • Quais são os sintomas de crise de abstinência físicos, comportamentais e psicológicos?
  • Mas por que um dependente tem crise da abstinência?
  • Quanto tempo dura uma crise de abstinência? Mas quanto tempo dura a abstinência?
  • Qual a diferença entre abstinência e fissura?
  • Crise de abstinência no tratamento da dependência química
  • Crises de abstinência causadas por drogas depressoras do SNC
  • O que é abstinência alcoólica e qual o tratamento ideal?
  • O que é abstinência de rivotril e quais os sintomas?
  • O que é abstinência de maconha e quais os sintomas?
  • O que é abstinência de pó e quais os sintomas?
  • O que é abstinência do cigarro e quais os sintomas?
  • O que é a abstinência antidepressivo e quais os sintomas?
  • Quanto tempo dura a abstinência de antidepressivos?
  • Crise de abstinência de drogas estimulantes
  • Crise de abstinência de drogas depressoras
  • Como saber se uma pessoa está tendo abstinência?
  • Risco de morte em crises de abstinência
  • Como as psicoterapias podem ajudar na crise de abstinência?
  • Como vencer a abstinência? Como suportar a abstinência?
  • Abstinência e recaída
  • Síndrome abstinência do crack – abstinência craque sintomas
  • Síndrome abstinência maconha
  • Síndrome abstinência de cocaína
  • Síndrome abstinência canabinoides
  • Como uma clínica especializada pode ajudar?

Crise de abstinência: O que é? 

Uma crise de abstinência pode ser entendida como sintomas mentais e físicos que ocorrem logo após haver a diminuição ou interrupção abrupta no consumo de uma substância que o sujeito está dependente.

Assim, trata-se de uma resposta do organismo que estava “acostumado” com o consumo e pode sofrer intensamente com a falta.

Crise de abstinência, o que fazer?

Mas o que fazer na hora de uma crise de abstinência? O primeiro passo é tentar mudar o foco. Fale com alguém, caminhe, busque distrair-se ao máximo. Tente fazer algo que seja prazeroso para você e possa servir de “escape”. Caso a crise seja muito intensa, não hesite em buscar ajuda médica!

Lembre-se também que hidratar o corpo e alimentar-se bem pode ajudar a fortalecer o seu organismo e assim auxiliá-lo a lidar com essa questão.

Quais são os sintomas de abstinência de drogas?

Os sintomas podem variar, dependendo da droga que está sendo descontinuada. Entretanto, podemos citar os principais sintomas que costumam aparecer em uma grande parcela de casos:

  • Ansiedade;
  • Fadiga;
  • Sudorese;
  • Convulsões;
  • Alucinações;
  • Vômitos;
  • Depressão;
  • Irritabilidade; e
  • Agressividade.

Como lidar com os sintomas da abstinência de drogas?

Para lidar com os sintomas da abstinência de drogas você pode tomar algumas medidas simples, que são:

  • Procure praticar exercícios com certa regularidade. As atividades físicas promovem sensações de bem-estar e de prazer, e isso pode auxiliar o dependente a se livrar das drogas.
  • Evite as situações que lhe deixam mais vulnerável. Se houver espaços ou ambientes que remetam ao consumo, evite-os no começo.
  • Beba bastante água, a fim de reequilibrar o organismo.
  • Procure ter uma dieta balanceada.
  • Procure um ambiente tranquilo, confortável e seguro neste momento. É recomendado que você tenha a companhia de uma pessoa de sua confiança, para sentir mais segurança no processo.
  • Procure relaxar o máximo que conseguir, embora possa ser um pouco difícil. Quanto mais você controlar a sua respiração e a sua ansiedade, melhor será o processo de recuperação.
  • Converse com alguém próximo. É preciso “pôr para fora” as sensações de angústia e os anseios. Isso poderá diminuir o estresse do momento.
  • É preciso permanecer em repouso, sem forçar o corpo e a mente. Assim, você tenta restabelecer o equilíbrio mental e físico, recuperando-se pouco a pouco.

Quanto tempo dura a abstinência?

Assim como todos os sintomas, o tempo de duração da abstinência também pode variar de acordo com o tipo de droga usada.

De todo modo, é mais comum que as crises intensas apareçam nos primeiros 30 dias, sendo esta a fase de desintoxicação.

Uma crise de abstinência, de fato, pode se estender entre três dias até duas semanas. Por conta disso, é de extrema importância que haja o acompanhamento de uma equipe qualificada, como acontece em clínicas de reabilitação.

Leia também:  O que leva uma pessoa a usar drogas e como encontrar ajuda?

Abstinência significado – O que é síndrome de abstinência? 

A abstinência tem como significado o ato de “privar-se” de algo, de se abster. Entretanto, a síndrome de abstinência é um conjunto de sinais e sintomas que ocorrem após a interrupção do consumo de determinada droga (lícita ou ilícita), no caso de o sujeito ser dependente químico.

O que é abstinência e ansiedade e quais os sintomas?

A abstinência é um conjunto de sintomas e sinais que atinge o dependente químico. Esses sintomas podem provocar efeitos psíquicos, como a ansiedade. 

Cada substância química pode desencadear um conjunto específico de sintomas, como por exemplo, irritabilidade, apatia, delírio, aumento no apetite, angústia, etc.

Quais são as fases da abstinência?

  1. Fase crash: Até 5 dias após a interrupção do consumo. Provoca forte desejo de consumir a droga.
  2. Fase de abstinência: 10 semanas após a fase 1. Aqui, o sujeito pode ser diagnosticado com depressão e ansiedade, oscilando as suas emoções e tendo que lidar com a euforia e a angústia.
  3. Extinção: Nesta fase, após 6 meses da interrupção, a pessoa passa a ter uma estabilidade maior.

Quais são os sintomas de crise de abstinência físicos, comportamentais e psicológicos?

  • Sintomas físicos: Náuseas e vômitos; dor no corpo; febre; diarréia; pupilas dilatadas; taquicardia; tremores, sudorese; hipertensão e até convulsão.
  • Sintomas comportamentais: irritabilidade; agitação.
  • Psicológicos: ansiedade; ataque de pânico; confusão mental; delírio e alucinação.

Mas por que um dependente tem crise da abstinência?

De maneira simples, podemos dizer que o cérebro se “adaptou” à presença da substância química. Assim, para voltar ao estado sadio novamente, ele precisa viver uma nova fase de adaptação – só que sem a droga.

Quanto tempo dura uma crise de abstinência? Mas quanto tempo dura a abstinência?

Cada organismo reage de uma maneira distinta diante da fase da abstinência. Por isso, podemos dizer que há pessoas que vivem a crise por 4 dias, enquanto casos mais graves podem fazer com que a crise perdure por 15 dias.

Qual a diferença entre abstinência e fissura?

A fissura pode ser vista como algo envolvido mais com o corpo, onde o dependente químico tem reações que causam uma necessidade de consumir a droga, como se fosse uma “fome”.

Já a abstinência costuma estar mais associada à questões psicológicas e comportamentais, embora essas questões possam se relacionar ao corpo (como os tremores causados pela ansiedade). 

Crise de abstinência no tratamento da dependência química

Diante do tratamento da dependência química, é muito comum que o sujeito perpasse por uma crise de abstinência. Porém, com a ajuda de profissionais qualificados é possível minimizar os impactos dessa fase.

Crises de abstinência causadas por drogas depressoras do SNC 

No caso da abstinência causada por drogas depressoras, o sujeito pode sentir os seguintes sintomas:

  • Aumento da temperatura corporal;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Hipertensão arterial;
  • Aumento da frequência respiratória; 
  • Suor excessivo;
  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Tremor;
  • Agitação; etc.

O que é  abstinência alcoólica e qual o tratamento ideal? 

A abstinência alcoólica está associada à dependência do álcool. O indivíduo pode se tornar dependente de maneira gradativa, sem se dar conta disso. Quando vê, está diante dos sintomas de síndrome de abstinência alcoólica. Veja, portanto, mais sobre a abstinência de álcool sintomas:

  • Distúrbios do sono;
  • Distúrbios gastrointestinais;
  • Inquietação e irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Tremor das mãos; etc.

Mas a abstinência alcoólica quanto tempo dura? Na realidade, depende de cada organismo. Algumas pessoas podem sofrer com a crise de abstinência por 3 dias, e outras por mais de uma semana.

O que é abstinência de rivotril e quais os sintomas?

A abstinência de rivotril também é uma realidade de muitas pessoas que tornaram-se dependentes do medicamento. Saiba mais sobre abstinência de rivotril sintomas:

  1. Tremor;
  2. Insônia;
  3. Agitação;
  4. Ansiedade;
  5. Cefaleia; etc.
  • Quanto tempo leva a abstinência do rivotril? A abstinência varia de acordo com cada organismo. Ela pode perdurar por dias ou por semanas.

O que é abstinência de maconha e quais os sintomas?

A abstinência de maconha é um conjunto de sintomas e sinais que surgem em decorrência da interrupção do consumo dessa droga. Veja os sintomas abstinência maconha:

  • Diminuição do apetite;
  • Angústia;
  • Cansaço;
  • Agressividade;
  • Irritabilidade;
  • Perda de peso;
  • Insônia.

A maconha e rivotril, em conjunto, podem acentuar os sintomas da abstinência quando ambos são têm o consumo interrompido.

O que é abstinência de pó e quais os sintomas?

A abstinência cocaína também é entendida como um conjunto de sintomas que acontecem em decorrência da interrupção do consumo de pó. Saiba mais sobre abstinência de pó sintomas:

  • Depressão;
  • Hipersonia;
  • Cefaléia;
  • Fadiga;
  • Falta de foco e concentração;
  • Irritabilidade;
  • Inquietação; etc.

O que é abstinência do cigarro e quais os sintomas?

A abstinência para fumar também é a realidade de muitas pessoas que experimentam os sintomas da interrupção do consumo de cigarro. Saiba mais sobre a abstinência para tabaco sintomas:

  • Dor de cabeça;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade para se concentrar;
  • Ansiedade;
  • Alteração do sono;
  • Tristeza e até depressão;
  • Aumento do apetite; etc.

O que é a abstinência antidepressivo e quais os sintomas?

A abstinência de antidepressivo surge em decorrência da interrupção do consumo desse tipo de medicamento. Veja os sintomas:

  • Choro excessivo;
  • Ansiedade;
  • Irritabilidade;
  • Distúrbios do sono;
  • Tontura;
  • Cefaléia;
  • Mudanças de humor; etc.

Quanto tempo dura a abstinência de antidepressivos?

Podem durar desde algumas horas, até uma semana. A diferença será vista de organismo para organismo.

Crise de abstinência de drogas estimulantes    

No caso da interrupção das drogas estimulantes, o sujeito pode se deparar com os seguintes sintomas:

  • Apatia;
  • Delírios;
  • Irritabilidade;
  • Agressividade;
  • Confusão mental;
  • Distúrbios do sono;
  • Aumento do apetite;
  • Problemas de memória;
  • Ansiedade; etc.

Crise de abstinência de drogas depressoras 

Já no caso da interrupção de drogas depressoras, os sintomas podem ser os seguintes: 

  • Fadiga;
  • Cefaléia;
  • Hipersonia;
  • Irritabilidade;
  • Inquietação;
  • Ansiedade; entre outros.

Como saber se uma pessoa está tendo abstinência?

Mudanças comportamentais e até mesmo sintomas físicos podem nos dar pistas de que uma pessoa está tendo crise de abstinência. Assim, se você conhece alguém que fez a interrupção de algum tipo de substância química, fique atento aos sinais abaixo:

  • Sujeito apresenta palidez;
  • Fica inquieto, irritado ou agressivo, sem causa aparente;
  • Demonstra tremores nas mãos, sudorese e taquicardia;
  • Respira de maneira descompassada;
  • Tem dificuldades para dormir ou dorme demais;
  • Tem alterações no apetite;
  • Entre outros sinais.

Vale lembrar que a abstinência com delirium, que é o caso mais grave, necessita de suporte profissional o quanto antes, a fim de reduzir as chances de recaída.

Risco de morte em crises de abstinência  

O risco de morte está mais associado aos sintomas que a abstinência provoca, como a arritmia, a desidratação, etc.

Como as psicoterapias podem ajudar na crise de abstinência?

A psicoterapia pode ser uma aliada na hora de restabelecer o equilíbrio emocional para lidar com o vício e com a crise.

Como vencer a abstinência? Como suportar a abstinência?

Saber como controlar abstinência não é simples, pois não existe fórmula mágica. Entretanto, você pode compreender que tratar a abstinência é imprescindível através de uma equipe multidisciplinar, no qual:

  • Há a desintoxicação;
  • A psicoterapia acontece;
  • O sujeito pode fazer uso de medicamentos que diminuam os sintomas;
  • Hábitos saudáveis são postos em prática, como exercícios, boas noite de sono, alimentação equilibrada, etc.;
  • Um passatempo faça parte da vida do sujeito;
  • Entre outras possibilidades.

Além de seguir as nossas recomendações acima, existem outros cuidados e atitudes que podem ser levados em consideração quando o assunto é como vencer a abstinência de drogas. Abaixo você pode ter mais informações:

O processo de desintoxicação é importante

O processo de desintoxicação é uma das melhores maneiras de prevenir fortes crises de abstinência, além de criar uma recuperação mais qualificada e que prioriza o bem-estar do paciente.

O processo consiste em administrar doses cada vez menores de medicamentos que inibem a vontade de usar determinada substância química. Assim, pouco a pouco o organismo do sujeito vai se “adaptando” à ausência da substância em questão.

Psicoterapia pode auxiliar no processo

A psicoterapia também é importante e imprescindível neste momento. Pois é ela quem poderá amparar o sujeito diante de suas incertezas, dúvidas e os seus anseios perante o futuro.

Afinal, as mudanças repentinas em sua vida, e até mesmo a “perda” da vida que tinha durante o consumo de drogas, podem acarretar em fortes efeitos psicológicos, que requerem acompanhamento e acolhimento.

Tratamento medicamentoso

Por fim, em uma clínica de desintoxicação o paciente receberá suporte para um tratamento medicamentoso. Sendo este fator essencial para lidar com as crises de abstinência, por exemplo.

Se você procura um ambiente qualificado, seguro e confortável para atravessar este momento delicado, conte com o auxílio da Interhelp Internação! Estamos à disposição para lhe auxiliar neste processo.

Abstinência e recaída

Se porventura o indivíduo não conseguir lidar com os sintomas da abstinência e, para “sanar” as sensações, ele consome a droga novamente, ele estará diante de uma recaída. Apesar de comum, ela deve ser evitada, pois cada recaída pode desacelerar o processo de recuperação.

Entretanto, se você viveu uma recaída, não tenha vergonha! Busque ajuda.

Síndrome abstinência do crack – abstinência craque sintomas

A síndrome de abstinência do crack pode apresentar sintomas intensos como náuseas, perda do apetite e dores abdominais. Além disso, pode ocasionar grandes quadros de ansiedade e pensamentos obsessivos. Estes pensamentos surgem como uma luta contra o término do uso da droga, na tentativa de mantê-la.

Síndrome abstinência maconha

No caso da síndrome de abstinência da maconha, os sintomas podem ser mais intensos psiquicamente, em um primeiro momento. Aqui, a apatia e a depressão intensa podem surgir. Além disso, o humor negativo, demonstrando irritabilidade e agressividade, pode ser evidente.

Quanto ao físico, um sujeito com abstinência de maconha pode apresentar dores musculares e perda de peso.

Leia também: Como funciona o tratamento da maconha?

Síndrome abstinência de cocaína 

A síndrome de abstinência de cocaína pode ocasionar sonolência; quadro depressivo grave, que pode inclusive levar o sujeito a elaborar ideações suicidas; fadiga e bradicardia.

Vale destacarmos, ainda, que no caso da cocaína, podemos encontrar 3 fases no processo de recuperação. São eles:

  1. Crash: Nesta fase, que pode durar uma média de quatro dias, a depressão e a ansiedade aparecem, além de haver uma redução na energia global.
  2. Síndrome disfórica tardia: Pode durar até 10 semanas. A anedonia aparece em demasia, especialmente por conta da memória da euforia que a cocaína causava no sujeito. A ansiedade também aparece de modo intenso.
  3. Extinção: Aqui, há a resolução dos sintomas físicos e psicológicos. Entretanto, é importante compreender que essa extinção ocorre de maneira gradual, e poderá levar até um ano.

Leia também: Como parar de usar cocaina?

Síndrome abstinência canabinoides

Assim como no caso da maconha, a síndrome de abstinência canabinoides pode ocasionar sinais físicos e psicológicos como: depressão, irritabilidade, dores musculares, perda de apetite e de peso, dentre outros sinais.

Em última análise, vale ainda destacarmos que os sintomas também podem variar de indivíduo para indivíduo, em todos os casos. E é por isso o tratamento de síndrome de abstinência é tão importante para garantir a recuperação sadia do sujeito. De maneira singular e personalizada.

Leia também: Como saber se uma clínica de recuperação é confiável?

Entenda como vencer a abstinência de drogas a partir de medidas que você pode tomar em sua casa, e assim, dar o primeiro passo rumo ao processo de desintoxicação.

Afinal, as substâncias químicas afetam o funcionamento do organismo como um todo, e por conta disso, podem desencadear fortes sintomas de abstinência, que precisam ser contornados para evitar assim as recaídas.

Como uma clínica especializada pode ajudar?  

Uma clínica especializada conta com todos os profissionais qualificados para que você possa lidar com a sua crise de abstinência. Conte com a gente nesse caminho de valorização da vida!

Links úteis:

Núcleo Einstein de Álcool e Drogas​ (NEAD)

Organização Mundial de Saúde

Ministério da Saúde

Centro de Valorização da Vida

Revisado por: Camila Da Silva: Psicóloga (CRP12/17354) Linkedin
Confira mais novidades em nosso blog: https://interhelpinternacao.com.br/blog/ 

Dúvidas? Para saber mais, entre em contato conosco.
Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br 

5/5 - (4 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *