Poppers: Tudo o que você precisa saber

Poppers

Públicado em: 22 de setembro de 2020

Última Atualização em: 3 de setembro de 2021

Talvez você ainda nem tenha ouvido falar em poppers, embora este tipo de droga venha sendo cada vez mais consumida entre os jovens. Assim, é importante estar por dentro de tudo sobre esse assunto, para que possamos proteger nossos jovens e adolescentes.

Para isso, acompanhe o nosso texto até o fim.

Conteúdo da página: 

O que é poppers?
Quais são os sintomas do poppers?
Quais são as causas do seu consumo?
Como funciona o tratamento com poppers?
Quanto tempo dura?
Como funciona?
Qual é o melhor poppers?
Como é feito o poppers?
Quais são os riscos do poppers?
Quais são os efeitos e consequências do poppers?
Qual atenção devemos ter aos sinais do poppers?

O que é poppers?

Poppers nada mais é do que a nomenclatura utilizada para representar um grande grupo de nitritos voláteis, que são utilizados para fins recreativos. Este tipo de droga é comercializada em potinhos que podem variar entre 10 e 30 ml.

Também conhecida como a “droga do amor”, o poppers tem o poder de potencializar o prazer sexual, proporcionando mais relaxamento.

A falsa sensação de energia também se aflora em poucos instantes, causando sentimentos de felicidade e bem-estar.

O consumo acontece por inalação e, embora a composição e os efeitos sejam diferentes do lança perfume, a sua inalação ocorre da mesma forma.

+Leia também: LSD – Tudo oque você precisa saber

Quais são os sintomas do poppers?

Os sintomas do consumo de poppers podem, em um primeiro momento, ser silenciosos. Isso dificulta a constatação do uso. Entretanto, alguns sinais sutis até podem ser percebidos, desde que seja dada a devida atenção à suspeita. Veja alguns sinais:

  • Tontura;
  • Mudança no ritmo dos batimentos cardíacos;
  • Euforia;
  • Dor de cabeça;
  • Sensação de calor;
  • Mudanças bruscas no comportamento e na percepção sensorial.

Vale ressaltar que cada caso é um caso e, por isso, é tão importante avaliar com muita atenção e seriedade.

Quais são as causas do seu consumo? 

Segundo alguns relatos, uma das buscas pelo consumo do poppers é sentir-se mais “relaxado” para as relações sexuais. Por isso, associam a droga ao sexo, uma vez que esta propicia um relaxamento intenso nos músculos.

Entretanto, por se tratar de um consumo de droga, é importante compreender que as causas podem ser multifatoriais, decorrentes de questões psicológicas, pressões de grupos de amigos, etc.

Como funciona o tratamento com poppers?

O tratamento deve acontecer em uma clínica de reabilitação preparada para lidar com esse tipo de situação. Assim como o acompanhamento de psicólogos e demais profissionais da saúde pode ser pertinente.

Quanto à internação ou ausência desta, é necessário levar em conta as particularidades do caso. E isso deverá ser avaliado por um profissional qualificado para este fim.

Quanto tempo dura?

Os efeitos de relaxamento, prazer e sensações diversas no organismo podem durar cerca de 2 a 3 minutos. Tudo dependerá da quantidade consumida.

Como funciona?

O consumo do poppers pode proporcionar um relaxamento intenso nos músculos, especialmente nos lisos involuntários. Por isso é conhecido como uma droga que aumenta o prazer na relação sexual, diminuindo incômodos causados pela contração involuntária dos músculos, por exemplo.

Qual é o melhor poppers?

Não temos subsídios para apontar a melhor opção. Todos podem causar efeitos nocivos à saúde caso sejam utilizados de maneira equivocada e indiscriminada, com o intuito de causar reações no organismo, de forma intensa. Lembre-se, trata-se de uma droga.

Como é feito o poppers?

Os poppers são feitos de alkil nitritos, que nada mais são do que uma série de compostos químicos voláteis, como methyl nitrito, amyl nitrito, etc. São facilmente sintetizados a partir de álcool, nitrito sódico e solução de ácido sulfúrico, sendo armazenados em pequenos frascos de vidro para a posterior inalação. 

Quais são os riscos do poppers?

Um dos riscos que podemos mencionar é a impulsividade e o comportamento sexual de risco. Como há um aumento nas sensações e nos prazeres, o indivíduo pode agir de forma incalculada e expor o seu corpo a doenças sexualmente transmissíveis, por exemplo.

Para além disso, os riscos de problemas decorrentes dos batimentos cardíacos acelerados também é uma realidade.

Danos cerebrais também podem aparecer e provocar um efeito nocivo à saúde do sujeito. Portanto, é de suma importância ficar atento ao uso desse entorpecente.

Pois como citado, embora ele não apresente conclusões quanto à dependência química, ainda assim é uma droga e merece todo o cuidado para não prejudicar a sua saúde. Cuide-se!

Quais são os efeitos e consequências do poppers?

Inicialmente, o efeito parece ser rápido e leve, trazendo uma falsa sensação de que a droga é inofensiva. Porém, justamente por conta dessa ilusão que o usuário acaba consumindo grandes quantidades. A ideia, desse excesso, é manter o efeito por mais tempo.

Porém, os nitritos são maléficos para a saúde, e podem causar os seguintes efeitos e consequências:

  • Sensação de calor excessivo;
  • Elevação da frequência cardíaca;
  • Baixa pressão arterial;
  • Tontura e mal estar;
  • Vasodilatação.

É imprescindível ficar atento, especialmente no caso de pessoas com problemas cardíacos, pois os efeitos citados acima poderão ocasionar consequências ainda mais sérias e perigosas.

De todo modo, ainda não há comprovação científica com relação à dependência química. Porém, assim como todo entorpecente, o hábito de consumo pode ser arriscado para a saúde.

Além de que, em meio às sensações que o poppers pode provocar, o indivíduo poderá agir por impulso e, a partir disso, consumir outras drogas.

+Leia também: Médico psiquiatra – O que esperar de uma primeira consulta

Qual atenção devemos ter aos sinais do poppers?

Os poppers podem ser comercializados como líquidos inofensivos, que podem aparecer em frascos de removedor de esmalte e até aromatizante de ambiente. Justamente por conta disso que reconhecer o seu consumo, especialmente entre os jovens, é tão complicado.

Entretanto, o diálogo pode ser um dos melhores caminhos. Acompanhar as angústias, anseios, dúvidas e momentos de felicidade dos filhos é de suma importância.

Outra medida que pode ajudar é a de buscar os filhos em festas, além de conhecer os locais que ele frequenta. Experimente, ainda, fazer amizade com as famílias dos amigos, para que quando ele estiver na casa de um colega, os pais deste colega possam vigiar de maneira segura.

Assim, vocês poderão criar uma comunidade mais próxima dos jovens, atentando-se para qualquer sinal de consumo de entorpecentes.

Afinal, todo cuidado é importante e pode impactar diretamente na qualidade de vida do jovem e de toda a família.

+Leia também: Como posso ajuda meu filho a parar de fumar?

Lembre-se ainda que, caso constate o consumo de poppers, busque auxílio profissional e jamais ameace ou chantageie o adolescente. Ele precisa sentir segurança com você, a partir de conversas francas e direcionamentos.

Caso o problema persista, os profissionais estarão prontos para lhe auxiliar neste processo. Confina mais novidades em nosso blog: https://interhelpinternacao.com.br/blog/ 

Revisado por: Camila Da Silva: Psicóloga (CRP12/17354) Linkedin

Dúvidas? Para saber mais, entre em contato conosco.
Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br 

Avalie nosso post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *