Clínica para drogados? Saiba tudo! Consultoria gratuita com psicóloga

clínica para drogados

Públicado em: 14 de agosto de 2020

Última Atualização em: 22 de outubro de 2021

Entender como funciona uma clínica para drogados é um caminho importante para gerar qualidade de vida e amparo para dependentes químicos.

Assim, resumidamente, podemos pensar que uma clínica para usuários de drogas representa, em sua essência, uma proposta assistencial.

Desse modo, ela irá trabalhar em caráter interdisciplinar, uma vez que as consequências do consumo de drogas podem aparecer em diversas dimensões, como: orgânicas, psicológicas e sociais.

Portanto, para entender mais sobre o tema, acompanhe o nosso artigo até o fim.

Mas por que o termo drogados?

O termo “drogados” é usado pelo senso comum para designar os dependentes químicos e usuários de drogas. 

Em grande parte, costuma ser usado para mencionar de maneira pejorativa, como se “drogado” fosse um adjetivo negativo. Entretanto, esse termo está sendo usado em nosso conteúdo apenas para que todos possam acessar o material e compreendê-lo, mas, o termo associa-se, neste caso, às pessoas que consomem drogas e possam vir a ser, ou não, dependentes destas.

clínica para drogados
clínica para drogados

Como funciona uma clínica de recuperação e reabilitação para drogados?

Uma clínica de recuperação para drogados funciona como um ambiente multidisciplinar, que promove todo o amparo para que o dependente químico atravesse o seu programa de desintoxicação da melhor forma possível.

Assim, é nessa clínica que o usuário receberá:

  • Amparo psicológico para lidar com a situação e a transição.
  • Suporte terapêutico ocupacional, para restabelecer suas habilidades profissionais e sociais.
  • Amparo médico, para lidar com a abstinência e desintoxicar o organismo.
  • Atendimento qualificado para a sua família ajudá-lo a lidar com essa situação, além de prezar pela saúde mental da mesma.
  • Acompanhamento profissional adequado às suas necessidades.
  • Espaço para as pernoites, no caso de internação.
  • Medicamentos, alimentos e cuidados necessários para o momento de desintoxicação.
  • Entre outros subsídios igualmente importantes para esse processo.

Sendo assim, um centro de recuperação para drogados visa a qualidade de vida, o restabelecimento das habilidades sociais, a desintoxicação e a vida sem drogas, e o bem-estar do paciente. Tudo isso dentro de um tempo hábil para cada caso.

Logo abaixo algumas fotos da nossa casa de recuperação para drogados: 

Qual médico cuida de drogados?

Em uma clínica para drogados o médico responsável pelo acompanhamento, pela prescrição de medicamentos e todo o processo de desintoxicação é o psiquiatra.

Este está preparado para lidar com as situações que envolvem a desintoxicação e o tratamento de crises de abstinência. Além disso, pode ainda prescrever medicamentos que impactam à saúde mental do sujeito, no que tange à ansiedade, ao estresse, à depressão, etc.

Como internar um drogado?

Existem três tipos de internações, cada qual adequada para um tipo de situação. Conheça cada uma delas:

  • Voluntária: Quando o próprio paciente se dirige até à clínica e solicita a internação.
  • Involuntária: Quando a família solicita a internação mediante avaliação médica.
  • Compulsória: Quando a internação é imposta por meio de um juiz, ou seja, através de uma ação judicial.

Entendida a diferença de cada caso, é importante buscar o amparo em uma clínica de reabilitação antes de qualquer coisa. Conhecer o local, saber mais sobre o médico e os profissionais é o primeiro passo para internar um dependente.

O segundo passo é buscar conscientizar o sujeito dependente. Mostrar a ele a importância do processo de reabilitação e apresentar as alternativas que ele possui diante disso.

Porém, caso ele demonstre não querer colaborar com essa decisão da família, será necessário recorrer à internação involuntária (caso fique provada a necessidade) ou compulsória.

Nesses últimos casos é necessário conversar com um psiquiatra para saber mais sobre a situação e viabilizar a internação, se esta for pertinente.

Saiba mais:  Internação voluntária, involuntária e compulsória

Quando uma clínica para drogados é a melhor alternativa?

Basicamente, quando o sujeito não consegue ficar sem a droga. 

Em situações nas quais o indivíduo apresenta irritabilidade, ansiedade ou estresse para conseguir a droga, um sinal de alerta deve ser ligado na família.

O consumo além da conta também deve ser analisado. Se o indivíduo consome a droga em diversas situações, e não apenas em momentos específicos, é preciso ter um cuidado ainda maior e assim buscar ajuda qualificada.

Afinal, a dependência química pode ter sido instaurada e, nessa situação, a clínica é uma alternativa que viabiliza a reversão desse quadro. Além disso, é por meio do atendimento multidisciplinar de uma clínica que torna-se possível restabelecer a qualidade de vida do sujeito dependente.

Como funciona uma clínica para drogados gratuita?

Uma clínica gratuita promove basicamente o mesmo amparo que uma clínica particular. Ou seja, haverá o atendimento multidisciplinar e o indivíduo passará pelo seu processo de desintoxicação como aconteceria em outro caso.

Esses centros podem ser considerados entidades sem fins lucrativos ou ONGs.

Como escolher o melhor centro de recuperação?

É necessário avaliar uma série de fatores envolvidos com a escolha do melhor centro de recuperação para drogados. Por exemplo:

  • A experiência da instituição.
  • O corpo médico.
  • A estrutura física.
  • Os custos e a sua relação com os benefícios.
  • A avaliação de ex-dependentes.
  • Entre outros fatores.

A Interhelp Internação pode lhe ajudar nesse processo. Somos especialistas no assunto e podemos encontrar a melhor clínica para você. Basta entrar em contato conosco agora mesmo!

Quais são as principais vantagens de uma clínica de tratamento para drogados?

Uma clínica de tratamento para drogados é um suporte a mais na hora de atravessar o processo de recuperação, afinal, as vantagens são inúmeras, como por exemplo:

  • Mais qualidade de vida.
  • Desintoxicação efetiva.
  • Acompanhamento psicológico e médico.
  • Restabelecimento das habilidades sociais.
  • Ambiente preparado para receber o dependente.
  • Conforto e mais bem-estar.
  • Restabelecimento da saúde como um todo.
  • Novas perspectivas de vida.
  • E muitas outras vantagens.

Por isso que sempre batemos na mesma tecla que diz que os cuidados oferecidos em uma clínica de reabilitação são adequados para os dependentes químicos e promovem muitos benefícios para a saúde.

Afinal, as consequências desse tipo de tratamento ficarão marcadas na vida do indivíduo, de uma forma profunda, por toda a sua vida. Se você conhece alguém que precisa de ajuda, ou você mesmo quer receber esse tipo de suporte, entre em contato conosco para que possamos lhe auxiliar!

Pessoas drogadas: Quando são consideradas?

As pessoas são consideradas “drogadas” quando estas apresentam sinais evidentes de dependência de entorpecentes. Embora, no senso comum, pessoas que consumam socialmente também sejam consideradas “drogadas” e recebam diversos adjetivos pejorativos.

Mas, de qualquer forma, não importa a forma como chamamos. O dependente químico é uma pessoa, acima de tudo, que merece o nosso carinho, cuidado e atenção. Se todos fizerem a sua parte, estaremos construindo um mundo melhor!

Por isso, compartilhe este conteúdo com quem precisa saber mais sobre ele!

Clínica para drogados realmente funciona? 

Uma clínica para drogados leva em consideração o trabalho de desintoxicação, permitindo que o sujeito vá “limpando” o seu organismo. Aqui, o sujeito é acompanhado e o trabalho tem o intuito de tornar o corpo livre da “necessidade” de consumir determinada droga.

Além disso, consideram-se outros pontos que estão envolvidos com este processo. A equipe multidisciplinar irá unir psicoterapia, nutrição, exercícios físicos e a desintoxicação em si para, dessa maneira, criar novas possibilidades para o sujeito internado.

Inicialmente, o paciente será retirado do convívio social, para que seja possível trabalhar a ressignificação e assim ele poderá repensar as áreas afetadas de sua vida. Seguidamente, a restituição e reconstrução acontecerá.

A partir da terapia ocupacional, por exemplo, trabalha-se a reinserção na sociedade, além de trazer à tona habilidades que a pessoa possui ou possa vir a desenvolver.

Concomitantemente, a terapia em grupo surge como uma via de diminuir a ansiedade, apresentar histórias que geram empatia e criar um suporte para o sujeito.

O acompanhamento da família também é importante, pois assim como o dependente químico, ela também poderá estar sofrendo impactos com esta situação.

Considerando todos estes pontos, podemos dizer que em uma clínica para drogados acontecerá o amparo a partir de diversas disciplinas e áreas diferentes.

Aqui, o paciente internado poderá estar associado com um dos três tipos de internações: voluntária (quando o paciente procura o tratamento); involuntária (quando terceiros procuram o tratamento); e compulsória (quando a justiça determina o tratamento).

Clínica para drogados: Tratamento pós-desintoxicação 

Depois que todo o processo de desintoxicação ocorre, é preciso pensar em outros pontos que também podem impactar significativamente a saúde física e mental do sujeito.

Nesta etapa, os cuidados estão envolvidos com: a prevenção da recaída; o trabalho com os gatilhos para que o dependente químico entenda o que pode levá-lo à buscar a droga novamente; a diminuição da vulnerabilidade, fazendo com que o sujeito compreenda que situações podem despertar o desejo de consumo; além de que o psicólogo trabalhará a perda (da droga), tendo em vista que a mesma poderá gerar um impacto, um luto.

Com isso, evita-se a sensação de incompetência e permite-se que o sujeito se enxergue de uma maneira mais otimista e esperançosa.

Novamente, o acompanhamento terapêutico da família também se faz presente como uma possibilidade de desenvolvimento mútuo. Afinal, a reinserção do ex-dependente neste contexto familiar requer amparo e orientações, evitando crises e até mesmo recaídas.

Onde encontrar a melhor clínica para drogados?

Encontrar a melhor clínica de reabilitação requer uma pesquisa aprofundada e um olhar apurado, para que seja possível escolher com coesão e clareza.

Para tanto, se você necessitar de suporte para encontrar uma instituição que se alinhe às suas necessidades, entre em contato conosco.

Interhelp Intern,ação esta à sua disposição para lhe ajudar a encontrar a melhor opção para você.

Saiba mais: Como saber se uma clínica de recuperação é confiável?

Conteúdo revisado por: Camila da Silva
Psicóloga (CRP12/17354). Acadêmica de Letras/ Português. Psicanalista em Formação.

Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br 
FALE CONOSCO: 0800 500 9945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *