Doenças causadas pela droga: Conheça algumas doenças por drogas

Doenças causadas pela droga

Públicado em: 5 de julho de 2022

Última Atualização em: 5 de julho de 2022

As doenças causadas pela droga, seja ela lícita ou ilícita, podem desencadear uma série de efeitos nocivos no organismo do indivíduo. Em casos mais graves, o consumo de entorpecente pode ser fatal, bem como pode ocasionar o aparecimento de quadros irreversíveis.

Considerando esse cenário emergente, reunimos informações sobre os efeitos colaterais e as doenças por drogas mais comuns. Confira, conscientize-se e espalhe essas informações. Quanto mais pessoas tiverem acesso a informações fundamentadas, maior será a conscientização frente ao consumo de drogas.

Conheça algumas doenças causadas pela droga

É importante frisarmos, antes de qualquer coisa, que cada tipo de entorpecente pode ser responsável por servir de estopim para uma ou mais doenças. Isso significa que não é toda droga que causará as doenças abaixo, bem como pode ser que, em alguns casos, o entorpecente cause mais de um dos problemas citados.

O fato é que o consumo abusivo de substâncias químicas, sejam elas lícitas ou ilícitas, altera diversas funções do nosso organismo. Por isso, drogas, medicamentos, bebidas e outras substâncias químicas devem ser analisadas com cuidado antes do consumo. E, de maneira geral, evitar a ingestão de drogas é o caminho mais seguro.

Nunca se automedique. Procure nunca consumir drogas ilícitas e tenha consciência de que drogas lícitas também causam doenças graves. Sempre em caso de dúvidas, converse com o seu médico.

Esclarecido esses pontos, vamos à lista de doenças causadas pelas drogas:

1. Dependência química

A dependência química é uma das doenças causadas pela droga, seja ela lícita ou ilícita. Mas o que caracteriza essa dependência?

  1. O cérebro do indivíduo recebe a carga química da droga.
  2. Em seguida, o cérebro se adapta àquela carga, como se esse fosse o normal do organismo.
  3. A partir disso, passa a sofrer “danos” e efeitos colaterais quando a droga não é consumida.
  4. Os sinais de abstinência começam a aparecer, e o cérebro começa a ser cada vez mais tolerante à droga, exigindo um consumo maior.
  5. A dependência química acontece quando corpo, mente e psicológico crêem que o consumo da droga é essencial para o bem-estar e a sobrevivência.

Sendo assim, a dependência química é considerada uma doença e exige tratamento médico especializado.

2. Doenças periodontais

Drogas consumidas por via oral, bem como drogas que exigem que o indivíduo trague a substância (como cigarro) podem ocasionar problemas periodontais, com infecções, lesões e efeitos intensos na saúde bucal do sujeito.

3. Psicoses induzidas por drogas

A psicose, de forma geral, é caracterizada pela desconexão com a realidade, que leva o indivíduo a ter pensamentos e comportamentos desorientados e confusos. Além disso, a psicose também apresenta sinais de alucinação e delírio e, em muitos casos, todos esses sintomas psicóticos podem ser decorrentes do consumo de droga. Assim sendo, é possível que o indivíduo desenvolva um quadro de psicose por conta do consumo de drogas psicoativas.

4. Doenças sexualmente transmissíveis

As drogas, por si só, podem não provocar doenças sexualmente transmissíveis. Porém, o consumo de substâncias químicas em ambientes precários nos quais há o compartilhamento da agulha de aplicação, por exemplo, pode desencadear esse tipo de problema grave.

5. Endocardite infecciosa

A endocardite consiste em uma doença inflamatória que acomete o tecido que reveste o coração. Esse tipo de doença infecciosa pode ser causada por bactérias que atingem o organismo do indivíduo por meio do compartilhamento de agulhas contaminadas.

6. Insuficiência hepática e renal

Uma das doenças causadas pela droga é a insuficiência hepática e renal. Esse tipo de doença surge a partir do momento em que alguns entorpecentes, assim como o álcool, sobrecarregam diversos órgãos do corpo, como por exemplo, fígado e rins.

Essa sobrecarga pode provocar a insuficiência destes órgãos, desencadeando doenças e efeitos como cirrose, hepatite alcoólica, acúmulo de toxinas no sangue, entre outras questões graves de saúde.

7. Lesões no cérebro e morte de neurônios

A maior parte das drogas impactam diretamente o Sistema Nervoso Central e o cérebro. Isso significa que essas substâncias, especialmente quando consumidas em excesso, podem ocasionar lesões irreversíveis no cérebro, incluindo a morte de neurônios.

Problemas de concentração, memória e até mesmo pensamentos confusos e desorientados podem começar a aparecer em decorrência das substâncias químicas.

Vale ressaltar que esse tipo de efeito e alteração cerebral pode, ainda, levar o indivíduo a distúrbios emocionais e de comportamento, prejudicando suas relações interpessoais e sua qualidade de vida de uma forma geral.

8. Doenças pulmonares

Especialmente drogas como o cigarro podem ocasionar uma degradação do pulmão, desencadeando uma fragilidade que pode resultar em doenças graves como o câncer de pulmão, enfisema pulmonar e outras questões importantes.

Além disso, o consumo dessas substâncias pode fazer com que o indivíduo acabe tendo uma respiração mais cansada e pesada, devido à intoxicação causada pela droga.

9. Problemas de desnutrição

Como vimos anteriormente, muitas drogas alteram funções cerebrais e do Sistema Nervoso Central. Dentre essas funções, a regulação do apetite pode ser uma que sofre severamente. Assim, o indivíduo deixa de lado a sua nutrição, não se alimentando adequadamente e correndo o risco de desenvolver um quadro de desnutrição.

Vale lembrar que a desnutrição é um quadro que merece muita atenção, pois se não tratada, pode levar à morte.

10. Transtornos de humor

Transtornos de humor, como a depressão, por exemplo, podem ser desencadeados pelo consumo desenfreado de drogas e substâncias químicas.

Muitas pessoas relatam crises severas de ansiedade e outras alterações de humor e emoções em decorrência do consumo de drogas. Esse tipo de efeito pode impactar diversas esferas da vida do sujeito, colocando a sua saúde física e mental em risco.

Conclusão

As doenças causadas pelas drogas podem minar o bem-estar e qualidade de vida de qualquer pessoa. Em muitos casos, causam efeitos graves e irreversíveis no organismo do sujeito. Por isso, buscar a conscientização e o auxílio médico são medidas essenciais para impedir que a dependência química se instale e, com ela, outras doenças apareçam. Cuide-se!

Referências

Doenças periodontais causadas pelo consumo de drogas ilícitas. Disponível em: <http://revistas.icesp.br/index.php/RCO/article/view/1351/1259> Acesso em 05 jul. 2022.

Psicose induzida por drogas recreativas: uma revisão de literatura. Disponível em: <https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12459/11190> Acesso em 05 jul. 2022.

Saiba quais são as doenças mais comuns causadas pelas Drogas. Disponível em: <https://www.tuasaude.com/doencas-causadas-pelas-drogas/> Acesso em 05 jul. 2022.

Revisado por Camila Bonatti: Psicóloga (CRP12/17354)

Dúvidas? Para saber mais, entre em contato conosco.
Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.