6 Dicas de como parar de usar drogas sozinho

Como parar de usar drogas sozinho

Públicado em: 9 de setembro de 2019

Última Atualização em: 7 de janeiro de 2021

Se você estiver pronto para parar de usar totalmente as drogas ou tiver esperança de recuperação da toxicodependência, pode ser a sua hora! A libertação do vício das drogas, exigirá que você trabalhe mais do que nunca, ore como nunca orou antes, medite e confie em algo maior que você. Exigirá ficar desconfortável, fazer coisas novas e permanecer dedicado. Este pode ser o seu ano, mas apenas se você se render.

Como parar de usar drogas? (Comece fazendo uma lista)

Existem métodos naturais para escapar do vício em drogas e atuam essencialmente como uma alternativa à uma reabilitação para dependentes químicos  tradicional. Para aqueles com um amplo desejo de vencer o vício e as ferramentas certas, é possível a recuperação de uma dependência química autoguiada. No entanto, tentar parar de usar drogas sem qualquer forma de ajuda profissional pode ser extremamente difícil.

Aquela pergunta que não quer calar, sobre se é possível se livrar do vício das drogas sozinho. Pois bem. não é impossível, mas é mais difícil do que se matricular em um programa de reabilitação. Aqui estão algumas dicas para quem pretende parar de usar drogas sozinho.

1. Seja comprometido

A menos que você esteja seriamente comprometido com a tarefa de acabar com seu vício, você não conseguirá. Entenda que leva tempo para ficar sóbrio e você precisa ser paciente e motivado.

Sua motivação pode vir de muitas coisas. Por exemplo, você deseja reconstruir seus relacionamentos com seu cônjuge, filhos ou outros membros da família. Considere criar uma lista de todos os motivos que o motivarão a tentar de tudo para ficar sóbrio.

2. Trabalhe com um conselheiro

Mesmo depois de ter decidido parar de tomar drogas, você ainda precisará da ajuda de especialistas para mantê-lo motivado. É quando faz muito sentido consultar um conselheiro.

O aconselhamento individual e em grupo pode fazer a diferença. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é especialmente benéfica na identificação do que faz você recorrer às drogas. Converse com os médicos e solicite referências para ajudá-lo a encontrar o melhor consultor para dependentes químicos.

3. Exercite-se regularmente

Ao aprender a parar de usar drogas, você simplesmente não pode ignorar a importância de fazer exercícios regularmente. Seu corpo e sua mente estarão sob estresse quando você estiver lutando para vencer o vício em drogas. O exercício regular ajuda a aliviar o estresse e a fazer você se sentir melhor consigo mesmo. Considere ingressar em uma academia e trabalhar com um personal trainer para melhorar sua saúde.

4. Crie um plano

Você precisa mudar seu estilo de vida e descobrir o que pode tentá-lo a experimentar drogas mais uma vez. Fazer e seguir um plano de vida sem drogas, pode ajudar a mantê-lo no caminho certo. Você deve ter um plano para lidar com o desânimo e o tédio.

É igualmente importante determinar como você cumprirá as responsabilidades. Trabalhe em idéias para lidar com diferentes situações, como reuniões sociais, conversas estressantes etc. Ao criar um plano, você deve considerar todos os aspectos de sua vida, como pais, relacionamentos, trabalho, interação com outras pessoas, cumprimento de obrigações etc.

5. Obtenha suporte

Você pode facilitar muito as coisas encontrando o suporte certo. Você precisa de suporte durante todo o processo de recuperação e ele pode vir de amigos, familiares ou outras pessoas. Você pode participar de grupos de apoio e ouvir pessoas que conseguiram acabar com o vício.

Ouvir as experiências e lutas de alguém que se recuperou de um vício pode ser uma grande motivação. Você precisa pensar que, se eles venceram, você também pode. Uma mentalidade alterada é tudo que você precisa para melhorar suas chances de sucesso.

6. Cuide da sua saúde

Você precisa planejar o seu futuro e criar um estilo de vida saudável e livre de drogas. Preste atenção à sua dieta. Coma refeições nutritivas e descanse bastante.

Se você desenvolveu algum problema de saúde durante a dependência ativa, convém trabalhar com seu médico para resolvê-lo. Sentir-se melhor fisicamente também vai melhorar sua auto-estima e ajudá-lo a parar de usar drogas.

Cuidar do seu corpo o ajudará a curar-se dos efeitos do seu vício, bem como da sua mente e espírito. Por exemplo, yoga, Reiki, meditação e atividades similares podem oferecer calma interior aos praticantes.

Da mesma forma, manter a mente ocupada por meio de atividades em grupo, como um grupo de livros, é uma estratégia inteligente para gerenciar sua sobriedade.

Quanto mais você se afastar de atividades e pessoas antigas orientadas a medicamentos, maior será a probabilidade de obter sucesso em sua reabilitação auto-guiada.

Reconhecer os perigos da desintoxicação

Antes de embarcar no caminho da recuperação, você primeiro supera o obstáculo que é a desintoxicação de drogas. Faça a parte de desintoxicação da sua recuperação em um ambiente médico, com o apoio de profissionais treinados. Essa precaução garantirá que sua retirada não seja mortal e permitirá que você inicie um processo de reabilitação natural.

As primeiras 48 horas a sete dias após o abandono das drogas serão as mais difíceis. Os efeitos colaterais da abstinência podem ser incômodos, dolorosos e perigosos para sua saúde. Durante esse período, a tentativa de recuperação autoguiada é desaconselhada.

Em um ambiente hospitalar, os médicos podem identificar os estágios de abstinência e administrar os medicamentos de acordo. Essa abordagem o protegerá dos sintomas dolorosos e desencorajadores da abstinência.

Comece sua jornada de reabilitação

Depois de vencer os perigos da retirada de drogas, você estará pronto para iniciar o processo de reabilitação. Entenda que, embora você não precise necessariamente se inscrever em um programa, ainda deve fazer todo o trabalho que faria se tivesse sido submetido a tratamento.

É fundamental que você comece identificando a causa raiz do seu vício. Você pode estar usando substâncias para escapar da realidade, fugir da depressão ou da ansiedade ou lidar com algo do passado.

Mantenha sua reabilitação nos trilhos

É incrivelmente importante manter suas disciplinas diárias durante a reabilitação autoguiada, pois você terá que atuar como seu próprio conselheiro de dependência. Caberá a você definir um cronograma, manter sua reabilitação nos trilhos, marcar seus marcos e manter a sobriedade.

Essa é outra instância em que a escolha de fazer a recuperação em casa torna o processo consideravelmente mais difícil. Seu sucesso depende unicamente de sua própria força de vontade.

Concentre-se em sua sobriedade

A capacidade de deixar as drogas naturalmente e experimentar a recuperação a longo prazo depende inteiramente de sua própria força de vontade e dedicação para ficar sóbrio.

Se você tiver alguma dúvida sobre sua força de vontade ou capacidade de parar de usar por conta própria, não corra o risco. Peça ajuda à família e amigos próximos para mantê-lo honesto.

Viver com alguém em quem confia, de preferência um indivíduo sóbrio, pode ajudar bastante se você não achar que pode morar sozinho durante esse período.

Se você não possui um sistema de suporte disponível para guiá-lo em todas as etapas do processo de recuperação, é melhor combater o seu vício em um ambiente de reabilitação tradicional. Afinal, você não poderá contar com amigos e familiares da mesma maneira que pode contar com médicos e enfermeiros que trabalham em uma unidade de tratamento.

Não esqueça que a ajuda está disponível

Será muito difícil parar de usar se você não entender por que começou em primeiro lugar. Se você acredita que o problema está relacionado a um problema de saúde mental subjacente separado, é imperativo que você procure ajuda profissional para guiá-lo na reabilitação.

Transtornos co-ocorrentes são extremamente difíceis de serem tratados por profissionais totalmente treinados, muito menos um indivíduo realizando reabilitação autoguiada em casa.

Abordar sua saúde mental por meio de terapia ou da medicação prescrita certa, no entanto, pode permitir que você acabe enfrentando o processo de reabilitação por conta própria.

Considerações finais

Infelizmente, mudar todo o seu estilo de vida pode ser difícil. A tarefa de afastar amigos de longa data e evitar áreas conhecidas pelo uso de drogas pode ser extremamente difícil durante os primeiros dias de sobriedade. Tomar essas medidas é fundamental para a recuperação bem-sucedida de qualquer tipo.

Não negligencie as vantagens de participar de um tratamento guiado profissionalmente. O processo de distanciamento dos hábitos de vida pouco saudáveis ​​e desenvolvimento de novas respostas aos desejos de drogas é muito mais fácil de gerenciar quando realizado com a ajuda de profissionais de recuperação de dependências.

É possível abandonar drogas e o alcoolismo fora da reabilitação, mas há pouco para sugerir que aqueles que tentam recuperação autoguiada estão realmente melhorando suas chances. Por que fazer isso sozinho quando você pode obter o apoio de profissionais de recuperação experientes e empáticos?

Não sinta que precisa descobrir todas as respostas por conta própria. Com a InterHelp Internação e Remoção nossa primeira prioridade é ajudar aqueles que lutam contra o vício a seguir o caminho da sobriedade.

Incentivamos aqueles que lutam contra os problemas de abuso de substâncias a entrar em contato conosco para saber como ajudamos aqueles que precisam de tratamento e cuidados profissionais.

Plantão 24h a disposição para serviços ou dúvidas.
contato@interhelpinternacao.com.br

5/5 - (1 vote)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *