Usuário de drogas: Sintomas, características e consequências

usuário de drogas

Públicado em: 1 de julho de 2022

Última Atualização em: 1 de julho de 2022

Certamente você já deve ter ouvido falar em usuário de drogas, não é mesmo? Mas afinal, qual é o conceito por trás desse termo? Como identificar um usuário e como ajudá-lo de alguma maneira? Neste texto, trouxemos algumas informações que podem vir a ser úteis. Continue lendo.

Quem é considerado usuário de droga?

De acordo com o artigo 28 da lei, quem: “adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar” será considerado um usuário de drogas.

Assim, o usuário de drogas é aquele indivíduo que consome a substância ilícita, tendo em seu porte apenas a quantidade para o consumo próprio. Isso significa que se o indivíduo estiver portando uma grande quantidade de drogas, poderá ser enquadrado como traficante.

Porém, aqui vale um adendo: ainda vemos muitas pessoas enxergando o termo “usuário de droga” como algo relacionado a pessoas ruins ou que não querem trabalhar, mas isso não é verdade. Um indivíduo pode se tornar usuário de drogas por uma série de motivos, incluindo questões sociais, ambientais e emocionais, por exemplo. 

Como identificar o usuário de drogas?

Alguns sinais podem ser detectados para poder identificar um usuário. Cabe à família e aos amigos se atentarem a comportamentos e sintomas como:

  • Olhos vermelhos;
  • Mudanças de comportamento;
  • Alterações expressivas no humor;
  • Em alguns casos, fala confusa, arrastada ou extremamente agitada;
  • A pessoa pode começar a frequentar ambientes completamente novos, de uma maneira abrupta e estranha;
  • Alterações na rotina;
  • Negligência com relação às responsabilidades, como por exemplo, faltar ao trabalho sem dar satisfação;
  • Distúrbios psicológicos;
  • Mudanças no apetite e no sono;
  • Desleixo e falta de responsabilidade;
  • Pupilas maiores ou menores do que o normal;
  • Comportamentos que demonstram paranóia;
  • Alterações de peso;
  • Entre outros sinais.

Vale ressaltar que cada tipo de droga é capaz de promover uma série de sintomas diferentes. Aqui no blog da Interhelp Internação nós trazemos detalhes sobre diversos tipos de entorpecentes e suas consequências. Confira para saber mais.

O que caracteriza um usuário dependente de droga?

Um usuário é considerado dependente quando este apresenta sinais de mal-estar psicológico e/ou físico quando precisa ficar sem a droga. Isto é, quando o indivíduo apresenta os sinais de abstinência na ausência da droga, podemos dizer que este é considerado um dependente químico.

De todo modo, o diagnóstico só poderá ser fechado por um médico especializado.

Quais características de um usuário de drogas?

Um usuário de drogas, portanto, é aquele que consome drogas lícitas e ilícitas com o intuito de usufruir dos efeitos recreativos que elas podem gerar. Esse usuário pode ser pontual, ou seja, pode consumir apenas numa festa, ou pode ser recorrente, consumindo a droga de tempos em tempos. Há ainda o usuário dependente, que explicamos anteriormente.

O que acontece com um usuário de drogas? Quais as consequências?

Depende. Não podemos dizer quais são as consequências, de uma forma assertiva, pois elas dependem de fatores como:

  • Saúde do indivíduo;
  • Organismo do indivíduo;
  • Tipo de droga consumida;
  • Quantidade de droga consumida;
  • Frequência e periodicidade de consumo;
  • Combinação com outras drogas;
  • Procedência da droga consumida.

No entanto, existem alguns efeitos que podem ser notados na maioria dos casos, como por exemplo:

  • Problemas na saúde bucal;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Problemas dermatológicos;
  • Problemas sexuais;
  • Doenças cerebrais;
  • Morte de neurônios;
  • Dependência química;
  • Doenças respiratórias;
  • Doenças transmissíveis, como AIDS, devido ao compartilhamento de agulhas contaminadas;
  • Mau funcionamento do fígado;
  • Alterações no Sistema Nervoso Central;
  • Problemas de relacionamento com a família, amigos, parceiro, colegas de trabalho;
  • Desenvolvimento de transtornos mentais;
  • Entre outros problemas graves.

Além das doenças e dos impactos negativos, o indivíduo ainda está correndo risco de perder a sua vida por conta do consumo de drogas.

Qual é a diferença entre usuário e dependente?

Como vimos, um usuário é aquele que consome drogas para o uso recreativo, enquanto que o dependente é aquele usuário que tem sensações de mal-estar físico e psicológico quando não pode consumir a droga. Isto é, um dependente crê que não consegue viver sem a droga, pois isso acarreta crises forte de abstinência. Já um usuário ainda não apresenta as crises de abstinência, mas pode vir a desenvolver um quadro de dependência mais tarde, caso não interrompa o consumo do entorpecente.

Quanto tempo leva para um usuário de drogas se tornar um dependente químico?

Não existe um tempo exato. Novamente, a variação do tipo de droga, procedência, quantidade consumida, frequência e organismo podem impactar nessa passagem de usuário de drogas para dependente químico.

É por isso que o consumo de entorpecentes é tão desaconselhado. Afinal, uma pessoa pode se tornar dependente de uma forma rápida e súbita, o que resultaria em sérios danos e prejuízos para a sua saúde física, mental, emocional e social.

Assim sendo, não vale a pena correr o risco de consumir a droga crendo que não irá desenvolver a dependência. Ainda mais se considerarmos que alguns tipos de entorpecentes podem desenvolver o vício de uma forma extremamente rápida.

Qual é a importância do tratamento de um usuário de drogas em uma clínica especializada?

Em uma clínica especializada o usuário de drogas receberá o atendimento mais adequado para o seu caso. Isso porque ele poderá contar com o auxílio de uma equipe multidisciplinar, que o acompanhará 24 horas por dia.

Esse acompanhamento é muito importante, especialmente em situações nas quais o sujeito está sofrendo com fortes crises de abstinência. Assim, ele terá o amparo que precisa para atravessar esse momento difícil da forma menos dolorosa possível. Além disso, a própria família também receberá apoio neste momento.

Conclusão

Um usuário de drogas não necessariamente é um dependente químico, mas o consumo de entorpecentes pode vir a se tornar uma dependência. Por isso, o consumo deve ser evitado e em casos nos quais o vício já está instalado, a busca por ajuda médica especializada é fundamental.

Existe uma série de tratamentos e medicamentos que podem ser incluídos na rotina do sujeito para que ele possa atravessar essa fase da melhor forma possível. Procurar uma clínica de reabilitação é o primeiro passo, e para isso você pode contar com a Interhelp Internação.

Referências

A família do usuário de drogas no CAPS. Disponível em: <https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5446933> Acesso em 01 jul. 2022.

O usuário de drogas ilícitas e a legislação vigente. Disponível em: <https://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/4097/O-usuario-de-drogas-ilicitas-e-a-legislacao-vigente> Acesso em 01 jul. 2022.

Reduzindo o estigma entre usuários de drogas. Disponível em: <https://www2.ufjf.br/editora//files/2018/02/reduzindo_o_estigma_entre_usuarios_de_drogas.pdf> Acesso em 01 jul. 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.