4 remédios para parar de beber

Parar de beber

Públicado em: 30 de maio de 2022

Última Atualização em: 30 de maio de 2022

Muitas pessoas buscam remédios para parar de beber, com o intuito de livrar-se da dependência química e, assim, alcançar mais qualidade de vida. No entanto, a verdade é que existem alguns medicamentos, prescritos por médicos, que podem auxiliar no tratamento da dependência.

Porém, apenas o medicamento talvez não venha a ter a “força” adequada para tratar a questão. Por isso, apesar de apresentarmos alguns tipos de remédio para parar de beber definitivamente, considere que a automedicação pode ser muito prejudicial.

Nunca consuma um medicamento sem questionar o seu médico! Além disso, lembre-se de que o tratamento da dependência é um pouco mais complexo: ele conta com acompanhamento médico e psicoterapêutico, por exemplo.

Por isso, considere este conteúdo como informativo e, em caso de dúvidas, converse com um profissional.

Existe remédio caseiro para parar de beber definitivamente? 

Infelizmente, não. Apesar de existirem alguns tipos de chás que podem minimizar o efeito da interrupção do consumo da bebida, a verdade é que não existe nenhum remédio caseiro que venha a inibir os efeitos da dependência química de forma definitiva e “milagrosa”.

Porém, existem alguns preparos que podem ajudar no tratamento de dependência, ou seja, consistem em um tipo de “medicamento natural complementar“. Dito de outro modo, não substituem o acompanhamento e a intervenção do médico, mas sim, podem garantir um complemento no que vem sendo tratado.

É o caso da sopa de sementes pretas de gergelim, amoras e arroz. Esta é rica em vitamina do complexo B, que são fundamentais para minimizar os efeitos da abstinência do álcool.

Isso significa que ela não “trata a dependência”, mas pode reduzir o mal-estar da abstinência. Logo, pode ser muito bem-vinda no tratamento para a redução dos efeitos negativos da interrupção da bebida na vida do dependente.

4 remédios para parar de beber

Existem alguns remédios para parar de beber que o médico pode prescrever para o paciente com dependência química. Conheça 4 deles: 

    1. Dissulfiram: Basicamente, o medicamento inibe as enzimas que decompõem o álcool, aumentando a quantidade de acetaldeído no organismo, que provocam os sintomas da ressaca, como vômito, dor de cabeça, tontura e mal-estar. Assim, nem pequenas doses de álcool poderão ser consumidas sem que o mal-estar seja sentido, condicionando o indivíduo a parar de beber.
    2. Nalmefeno: Regula os efeitos cerebrais que provocam o desejo e a vontade de beber, reduzindo o consumo. Afinal, o sujeito passa a ter um desejo cada vez menor, reduzindo a sua ingestão de bebida alcoólica e tratando o consumo exacerbado.
    3. Naltrexona: Inibe as regiões cerebrais que provocam a sensação de prazer ao consumir o álcool. Logo, as bebidas perdem aquele “poder” de provocar boas sensações, fazendo com que a vontade de consumi-las seja cada vez menor.
  • Acamprosato: Atua reduzindo o desejo de consumir bebida alcoólica, diminuindo o consumo e tratando a dependência.

Novamente reiteramos que a automedicação é perigosa, e que o melhor a se fazer é buscar orientação médica antes de investir em remédios para parar de beber.

Como parar de beber definitivamente?

Não existe uma fórmula mágica que possa ser seguida para parar de beber definitivamente. O que existem são ações que podem ajudar a minimizar os efeitos da abstinência, além de restaurar a qualidade de vida do sujeito. Listamos algumas dessas ações. Continue lendo.

1. Interrupção da bebida e processo de desintoxicação

A interrupção do consumo da bebida é o primeiro passo. Além disso, a busca pela ajuda médica, a fim de iniciar o processo de desintoxicação, também é importante. O médico poderá auxiliar o paciente na “limpeza” do organismo.

Uma clínica de reabilitação pode servir de base nesta etapa. Para escolher a melhor clínica para o seu caso, entre em contato com a gente!

2. Medicamentos prescritos pelo médico

O médico pode prescrever alguns medicamentos que auxiliem no tratamento para parar de beber definitivamente. Aqui, ele poderá prescrever alguns medicamentos que foquem na redução do desejo de consumo do álcool, bem como poderá prescrever opções focadas na redução dos efeitos da abstinência.

3. Inclusão de hábitos saudáveis

Os hábitos saudáveis, como exercícios e uma boa alimentação, também podem ajudar no objetivo de parar de beber. Isso porque precisamos garantir que o nosso corpo tenha força e saúde para lidar com a mudança abrupta.

Além disso, a prática de exercícios tende a gerar sensações de prazer e bem-estar, que auxiliam no autocontrole na hora de lidar com a vontade de consumir bebida alcoólica.

4. Internação em casos mais graves

Alguns casos mais graves, quando o sujeito não consegue atingir uma posição de autocontrole, a internação pode ser necessária. Vale ressaltar que o indivíduo pode solicitar a sua internação, de forma voluntária, bem como ela pode acontecer por via involuntária e compulsória.

Ao ser internado, o indivíduo passará a receber o acompanhamento médico e psicológico adequado para o seu quadro clínico. Além disso, a família deste paciente também receberá apoio durante todo o processo de recuperação.

5. Acompanhamento psicoterapêutico

Outro fator que pode ajudar a parar de beber definitivamente é o processo psicoterapêutico. Isso porque o psicólogo poderá auxiliar o indivíduo no seu autoconhecimento e autocontrole, auxiliando-o no desenvolvimento de suas habilidades pessoais para lidar com o desejo de consumir a bebida.

Outro ponto tratado na psicoterapia é o significado que a bebida tem na vida do indivíduo. Por que se bebe? Para que se bebe? A intenção é “afogar uma dor”? Todos esses questionamentos vão sendo levantados e respondidos.

Conclusão

Apesar de existirem remédios para parar de beber, a verdade é que eles só poderão ser administrados por meio da prescrição médica. Da mesma forma, outras intervenções clínicas e médicas precisam entrar em cena no caso do tratamento da dependência química, visando a recuperação do paciente.

Busque o atendimento mais adequado às suas necessidades com a ajuda da Interhelp Internação!

Referências

Parando de beber: estágios de mudança vividos por ex-alcoolistas. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/estpsi/a/Q73ZCnYgqT8gmwxTcRtRhvN/?format=pdf&lang=pt> Acesso em 26 maio 2022.

Tratamento farmacológico da dependência do álcool. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbp/a/8M8FC65BCPhX6WmVGXNVKLw/?format=pdf&lang=pt> Acesso em 26 maio 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.