15 Maneiras de ajudar uma pessoa com crise de ansiedade

Públicado em: 3 de agosto de 2021

Última Atualização em: 4 de agosto de 2021

Ajudar uma pessoa com ansiedade pode parecer complexo, mas, com as medidas mais coerentes, é possível restaurar o equilíbrio emocional do sujeito.

Para isso, é necessário deixar de lado todo tipo de preconceito e julgamento, visando apenas a qualidade de vida da pessoa em crise.

Considerando isso, trouxemos 15 maneiras de ajudar uma pessoa com crise de ansiedade, a fim de dar esse suporte para você. Acompanhe e saiba mais!

  1. Não menospreze ou meça a dor do outro – não existe grandeza para a dor
  2. Ofereça apoio para ajudar uma pessoa com crise de ansiedade
  3. Mantenha uma posição de compreensão e escuta ativa
  4. Trazer à tona boas lembranças é uma das maneiras de ajudar uma pessoa com crise de ansiedade
  5. Não compare a dor da pessoa com a de outra
  6. Ajude a pessoa a se apartar do gatilho da ansiedade
  7. Leve a pessoa a um cômodo mais silencioso e tranquilo
  8. Faça a pessoa se sentir à vontade na sua presença
  9. Pratique exercícios respiratórios junto com a pessoa
  10. Ofereça alguma coisa que a pessoa gosta de fazer
  11. Ajude a pessoa a observar o ambiente
  12. Auxilie a pessoa a enxergar as coisas com mais racionalidade
  13. Ofereça informações sobre o que a pessoa está sentindo
  14. Como ajudar uma pessoa com ansiedade: Incentive a psicoterapia
  15. Demonstre o seu interesse em ouvir e ajudar

1- Não menospreze ou meça a dor do outro – não existe grandeza para a dor

Apesar de haver boas intenções, se você disser que “tudo ficará bem”, pode dar a entender que a dor da pessoa é pequena, ou nula. Isso faz com que o ansioso sinta-se ainda mais fracassado e sem controle, afinal, se é algo tão simples e que “passa”, por que ele se incomoda tanto?

Por isso, não tente medir a dor do outro, dizendo “não é bem assim” ou menosprezar, dando a entender de que passará rapidamente. 

2- Ofereça apoio para ajudar uma pessoa com crise de ansiedade

Demonstre o seu apoio para com o outro. Diga que você está disponível para dar a ele o suporte que for necessário.

Porém, aqui vale um adendo: não demonstre esse tipo de suporte se você não estiver sendo sincero. Isto é, não adianta dizer “pode contar comigo” se nos primeiros instantes da crise você já se sente irritado e menospreza a dor do outro.

Mas, se quiser realmente fazer a diferença, ouça o que o outro tem a dizer e mostre-se presente. 

3- Mantenha uma posição de compreensão e escuta ativa

A posição de compreensão na hora de ajudar uma pessoa com crise de ansiedade é a sem julgamentos e baseada na escuta ativa. Em outras palavras, deixe os seus julgamentos de lado e preste atenção em cada palavra da pessoa.

Além disso, não considere a sua história de vida na hora de conversar com alguém ansioso, mas sim, use apenas o discurso da pessoa como base para lidar com ela. Isso fará com que ela perceba que você deu atenção.

4- Trazer à tona boas lembranças é uma das maneiras de ajudar uma pessoa com crise de ansiedade

Se o momento permitir, introduza boas lembranças na conversa, aos poucos. Isso fará com que o sujeito se distraia dos seus pensamentos sombrios e ansiosos.

5- Não compare a dor da pessoa com a de outra

Da mesma forma que você não deve medir o que o outro sente, você não deve comparar. Ou seja, nada de dizer que “fulano superou isso”, hein? Pois novamente isso pode dar a entender que a pessoa é fraca.

6- Ajude a pessoa a se apartar do gatilho da ansiedade

Para saber como controlar a ansiedade e lidar com uma pessoa em crise, é de suma importância que o gatilho emocional por trás da crise seja percebido. 

Por exemplo, a pessoa pode estar super ansiosa com algo que irá acontecer, ou ansiosa porque leu uma notícia ruim. Independente do gatilho, ajude a pessoa a se afastar dele, sempre que possível.

7- Leve a pessoa a um cômodo mais silencioso e tranquilo

Se vocês estiverem em um ambiente muito bagunçado e turbulento, uma das maneiras de ajudar uma pessoa com crise de ansiedade é justamente levá-la para um local mais silencioso.

Isso fará com que ela não se sinta tão exposta e também diminuirá a sensação de sufocamento. Aqui, inclusive, vale a pena levar o sujeito a um ambiente ao ar livre.

8- Faça a pessoa se sentir à vontade na sua presença

Muitas pessoas que sofrem de ansiedade têm vergonha da sua condição. Isso porque a nossa sociedade ainda tem grandes estigmas para questões de saúde mental. 

Por isso, uma forma de como ajudar alguém com ansiedade é justamente demonstrar que você não tem preconceito algum. Faça a pessoa se sentir à vontade na sua presença, pois isso poderá ajudar na hora de relaxar.

9- Pratique exercícios respiratórios junto com a pessoa

Você sabia que os exercícios respiratórios podem ser uma boa alternativa também? Se não sabia, agora está ciente! Aqui, uma forma de ajudar uma pessoa ansiosa é justamente fazendo-a se concentrar na respiração. Respire junto com ela, inspirando por pelo menos 5 segundos, e expirando pelo mesmo período de tempo.

10- Ofereça alguma coisa que a pessoa gosta de fazer

Se há alguma atividade (leve) que a pessoa gosta muito, tente oferecê-la como um gatilho para algo bom. 

Por exemplo: convide para uma caminhada leve, saia de dentro de casa e sente no quintal, assista algo tranquilo e divertido, entre outras possibilidades.

11- Ajude a pessoa a observar o ambiente

Ajude a pessoa a tirar o foco do corpo e a levá-lo para o ambiente. Em outras palavras, comece a falar sobre a mancha na parede, a temperatura no cômodo, entre outras considerações. 

Isso fará com que o sujeito pare de observar a respiração e os batimentos cardíacos, aumentando a tranquilidade aos poucos.

12- Auxilie a pessoa a enxergar as coisas com mais racionalidade

Às vezes, a pessoa ansiosa pode ter a sensação de que está perdendo o controle de tudo. Por isso, uma forma de ajudá-la é fazendo-a pensar de maneira mais racional sobre a situação. Faça com que ela reflita sobre outros momentos de superação, por exemplo, onde sentiu que ia perder o controle, mas depois tudo se reequilibrou.

13- Ofereça informações sobre o que a pessoa está sentindo

O medo, de maneira geral, envolve-se com a falta de habilidade e conhecimento sobre algo. Assim, uma pessoa ansiosa pode estar com medo dos sintomas que sente. 

Aqui, você pode explicar para ela que é normal acelerar os batimentos nessa situação, ou que a respiração curta e a falta de ar podem ser controladas com exercícios.

À medida que o sujeito recupera o seu autocontrole, ele percebe que as coisas estão “funcionando bem” e se sente mais calmo.

14- Como ajudar uma pessoa com ansiedade: Incentive a psicoterapia

Quando a crise se acalmar, incentive a pessoa a buscar a psicoterapia. Isso a ajudará a resgatar as suas habilidades emocionais. Dê esse empurrãozinho de forma carinhosa e respeitosa. 

15- Demonstre o seu interesse em ouvir e ajudar

Sempre demonstre estar interessado em ouvir. Muitas pessoas ansiosas podem temer repetir o mesmo discurso, com receio de “incomodar” o outro. Por isso, seja uma pessoa aberta e ouça o que o outro tem a dizer, mesmo que ele diga mais de mil vezes.

Mostre que você quer ajudar e que você está ali verdadeiramente. Isso já ajuda, e muito!

Conteúdo relacionado:

Transtorno de personalidade esquizoide: Sintomas, Causas e tratamento 

Quanto custa internar em uma clínica psiquiátrica?

Como se livrar da codependência?

Médico psiquiatra: o que esperar de uma primeira consulta

Surto psicótico tratamento emergencial

Emergências Psiquiátricas

10 dicas de como cuidar da saúde mental no trabalho

 

Dúvidas? Para saber mais, entre em contato conosco.
Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br 
FALE CONOSCO: 0800 500 9945

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.