Ansiedade e depressão: 25 informações importantes

Ansiedade e depressão

Públicado em: 26 de novembro de 2021

Última Atualização em: 26 de novembro de 2021

Tanto a ansiedade, quanto a depressão estão presentes em nossa sociedade de maneira significativa. Compreender um pouco mais sobre ambas questões psíquicas é de suma importância para aumentar a qualidade de vida de todas as pessoas.

Por isso, neste conteúdo nós buscamos responder os principais questionamentos sobre este assunto, a fim de viabilizar uma maior conscientização. Acompanhe para saber mais e já compartilhe este importante material com algum amigo.

Conteúdo que será abordado:

  1. O que é ansiedade?
  2. O que é depressão?
  3. Quais são os sinais da ansiedade?
  4. Quais são as fases e sinais da depressão?
  5. Quais são os sintomas mais comuns da depressão?
  6. Quais são os sintomas mais comuns da ansiedade?
  7. Qual a diferença entre ansiedade e depressão?
  8. Mas quando a ansiedade vira depressão?
  9. Mas quem tem depressão também está ansioso?
  10. Quando é recomendado a internação psiquiátrica para depressão?
  11. Quais são os sintomas físicos da ansiedade e depressão?
  12. Ansiedade pode causar depressão?
  13. O que a ansiedade pode causar no corpo?
  14. O que a depressão pode causar no corpo?
  15. Ansiedade tem cura?
  16. Depressão tem cura?
  17. Quais são os sintomas das crises da ansiedade?
  18. Quais são os sintomas das crises da depressão?
  19. Ansiedade e depressão segundo o CID
  20. Ansiedade e depressão como tratar?
  21. Como funciona um teste para ansiedade e depressão?
  22. O que é depressão e ansiedade juntos?
  23. O que a ansiedade pode causar na vida das pessoas?
  24. Como saber se tenho ansiedade?
  25. Como melhorar a depressão e a ansiedade?

1- O que é ansiedade?

A ansiedade pode ser compreendida como um conjunto de sintomas que se manifesta mediante uma preocupação excessiva de que algo ruim possa vir a acontecer.

Assim, quando uma pessoa tem uma crise de ansiedade, ela pode ter dificuldades para se ater ao presente, ancorando o seu pensamento em coisas ruins que “podem acontecer” em algum momento.

Muitas pessoas com ansiedade apontam que essas “coisas ruins” que passam em suas mentes estão relacionadas à perda de alguém, à morte, à doenças, à perda do autocontrole e ao medo de ficar louco. Porém, cada pessoa pode ancorar os pensamentos em preocupações subjetivas. 

2- O que é depressão?

A depressão pode ser compreendida como uma doença psiquiátrica crônica e recorrente, capaz de promover alterações no humor do indivíduo, causando uma tristeza profunda, apatia, desânimo e outros efeitos físicos, inclusive, como distúrbios do sono e de apetite. 

Enquanto a ansiedade pode ser vista como o “excesso de futuro”, há quem diga que a depressão está associada ao “excesso de passado”, uma vez que ela pode ser proveniente de episódios difíceis, trágicos e desastrosos na vida da pessoa. Embora essas não sejam as únicas causas, claro.

3- Quais são os sinais da ansiedade?

Os sinais normalmente estão associados a algum medo que a pessoa possa vir a ter. Veja alguns deles:

  • Aumento dos batimentos cardíacos.
  • Sudorese.
  • Tontura.
  • Falta de ar.
  • Tremores no corpo.
  • Tensão muscular.
  • Medo.
  • Pânico.
  • Irritabilidade.
  • Medo de perder o controle.
  • Sensação de pensamentos confusos.
  • Angústia.

4- Quais são as fases e sinais da depressão?

A depressão pode passar pelas fases de sintomas leves, moderados e graves. No caso dos sintomas graves, o quadro é considerado como depressão profunda. Veja alguns dos sinais:

  • Depressão leve: Apatia, desânimo, tristeza, sentimento de culpa, distúrbios do sono, falta de interesse por atividades antes prazerosas, etc.
  • Moderada: Todos os sinais acima, aparecendo de forma mais recorrente e intensa.
  • Grave: Pensamentos de morte e suicidas começam a aparecer, somando aos sinais anteriores.

5- Quais são os sintomas mais comuns da depressão?

São diversos os sintomas que podemos perceber em um quadro depressivo. Os mais comuns são:

  • Falta de interesse por qualquer atividade.
  • Tristeza e choro excessivo.
  • Apatia.
  • Isolamento.
  • Dificuldade para manter o foco.
  • Sono perturbado ou insônia.
  • Sentimentos de culpa e baixa autoestima.
  • Falta de energia e cansaço excessivo.
  • Humor constantemente deprimido.
  • Pensamentos negativos repetitivos e persistentes.
  • Entre outros.

.6- Quais são os sintomas mais comuns da ansiedade?

  • Medo de que algo possa vir a acontecer.
  • Coração acelerado.
  • Sudorese e tremores.
  • Angústia e aperto no peito.
  • Dificuldade para respirar.
  • Sensação de estar perdendo a lucidez.
  • Dificuldade para se atentar ao presente.
  • Pensamentos negativos repetitivos e persistentes.
  • Entre outros.

7- Qual a diferença entre ansiedade e depressão?

A ansiedade está mais ancorada no medo e na angústia de que acontecimentos futuros possam ser ruins. Enquanto que a depressão pode se ancorar em traumas do passado e na baixa energia e interesse por atividades no presente, resultando em um desânimo geral. 

Isto é, a ansiedade não está associada a um baixo interesse pela vida, mas sim, a um excesso de medo do futuro.

8- Mas quando a ansiedade vira depressão?

Não é que a ansiedade vire depressão, mas uma pessoa com depressão pode desenvolver quadro ansioso e vice-versa. O ideal é fazer o acompanhamento com um profissional da saúde mental para saber mais sobre a sua situação e assim buscar suporte adequado.

9- Mas quem tem depressão também está ansioso? 

É possível. Uma pessoa com depressão pode desenvolver um quadro ansioso, especialmente em situações sem acompanhamento profissional e/ou medicamentoso. Consulte um especialista.

10- Quando é recomendado a internação psiquiátrica para depressão?

Quando a dificuldade para se autogerir ou os pensamentos suicidas surgirem, a clínica psiquiátrica pode ser de grande valia. Ou seja, é recomendado buscar a internação psiquiátrica quando o indivíduo demonstrar sinais de que está perdendo o controle de si e de que pode estar colocando a sua vida (ou de terceiros) em risco.

11- Quais são os sintomas físicos da ansiedade e depressão?

Ansiedade:

  • Tremores.
  • Sudorese.
  • Batimentos descompassados.
  • Falta de ar.
  • Agitação.
  • Aperto no peito.
  • Entre outros.

Depressão: 

  • Ganho ou perda de peso sem causa aparente.
  • Distúrbios do sono.
  • Perda de apetite.
  • Cansaço persistente. 
  • Dores no corpo.
  • Entre outros.

12- Ansiedade pode causar depressão?

Os sintomas de ansiedade podem ser uma das causas da depressão, uma vez que eles podem promover mal-estares que incapacitam a rotina normal da pessoa. Assim, a qualidade de vida começa a decair, causando a depressão.

13- O que a ansiedade pode causar no corpo?

A ansiedade, embora se trate de algo psíquico, pode “escorregar” para o corpo quando não é bem manejada. Isso quer dizer que a pessoa pode desencadear problemas físicos, ou seja, psicossomatização, proveniente da ansiedade. Alguns dos problemas mais comuns são:

  • Problemas gastrointestinais;
  • Distúrbios do sono;
  • Enxaquecas constantes;
  • Tremores no corpo;
  • Tensões e dores musculares;
  • Entre outros.

14- O que a depressão pode causar no corpo?

Do mesmo modo que a ansiedade pode ocasionar a psicossomatização, a depressão também pode. Assim, é muito comum os sintomas abaixo aparecerem: 

  • Dores de cabeça;
  • Cansaço constante;
  • Dores corporais sem causa aparente;
  • Tensões musculares;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Etc.

15- Ansiedade tem cura?

Os transtornos de ansiedade são crônicos, ou seja, não possuem cura, mas sim, bons prognósticos quando o tratamento é levado em conta.

16- Depressão tem cura?

Assim como a ansiedade, a depressão também é uma doença crônica e que não apresenta cura, apenas tratamento de acordo com cada caso.

17- Quais são os sintomas das crises da ansiedade?

Uma pessoa que está prestes a passar por uma crise de ansiedade pode sentir:

  • Uma sensação abrupta e descontrolada de que algo ruim vai acontecer.
  • Pensamentos irracionais de que algo terrível vai acontecer.
  • Medo de morrer ou de ficar doente.
  • Sintomas físicos provenientes justamente do medo de morrer, como por exemplo, batimentos descompassados, sudorese, falta de ar, aperto no peito, etc.
  • Formigamento no corpo.
  • Tremores e sudorese.
  • Entre outros sintomas que variam de pessoa para pessoa.

18- Quais são os sintomas das crises da depressão?

Uma pessoa que está passando por uma crise de depressão pode apresentar os seguintes sintomas:

  • Uma tristeza repentina e profunda, sem relação com algo que acabou de acontecer.
  • Vontade de chorar excessivamente.
  • Falta de desejo de sair da cama ou de dentro de casa.
  • Isolamento, pois é quando o indivíduo perde a vontade de interagir com as outras pessoas.
  • Falta de apetite.
  • Sono excessivo ou insônia.

Vale ressaltar que cada indivíduo pode atravessar uma crise à sua maneira. Isso quer dizer que nem todo mundo terá os sintomas que citamos, e poderá ainda apresentar outros diferentes. Fique atento a isso.

19- Ansiedade e depressão segundo o CID

De acordo com o CID 10, a ansiedade pode ser classificada como:

  • F06.4: Transtornos da ansiedade orgânicos;
  • F41.0: Transtorno de pânico (ansiedade paroxística episódica);
  • F41.1: Ansiedade generalizada;
  • F93.2: Distúrbio de ansiedade social da infância.

Já a depressão pode ser classificada como: 

  • F32: Episódios depressivos;
  • F32.0: Episódio depressivo leve;
  • F32.1: Episódio depressivo moderado;
  • F32.2: Episódio depressivo grave sem sintomas psicóticos;
  • F32.3: Episódio depressivo grave com sintomas psicóticos;
  • F32.8: Outros episódios depressivos;
  • F32.9: Episódio depressivo não especificado.

20- Ansiedade e depressão como tratar?

A ansiedade e a depressão podem receber tratamento psicoterapêutico e farmacológico. Ambos caminham lado a lado e desempenham funções importantes na recuperação do indivíduo.

Além disso, o tratamento pode acontecer em uma clínica de internação psiquiátrica, como no caso de quadros depressivos com ideação suicida e tentativas de suicídio.

21- Como funciona um teste para ansiedade e depressão? 

O profissional de saúde mental é que deverá selecionar o teste mais adequado para o paciente em questão. Assim, não é possível apontar um único instrumento como o mais adequado. 

Além disso, é importante ressaltar que testes feitos na internet não têm caráter diagnóstico e podem causar muita desinformação. Cuidado!

22- O que é depressão e ansiedade juntos?

Nada mais é do que os quadros psiquiátricos que se desenvolvem concomitantemente. Isso pode acontecer quando uma pessoa com depressão desenvolve um quadro ansioso, ou vice-versa.

23- O que a ansiedade pode causar na vida das pessoas?

Quando não há o acompanhamento profissional, uma pessoa pode ter a sua vida prejudicada por conta dos transtornos de ansiedade.

É o caso de pessoas que passam a se isolar cada vez mais, fugindo dos potenciais gatilhos do problema. Assim, a sociabilidade, o trabalho, a vida amorosa e demais áreas do cotidiano podem sofrer impactos negativos por conta disso.

24- Como saber se tenho ansiedade?

Os sintomas que citamos no início deste conteúdo podem ser um bom indicativo de que algo está se desenvolvendo. Contudo, a melhor coisa a se fazer é buscar ajuda de um profissional da saúde mental, como psicólogo ou psiquiatra, para que assim o seu caso seja analisado mais de perto e de modo coerente.

25- Como melhorar a depressão e a ansiedade?

Para melhorar um quadro ansioso e depressivo é necessário levar em conta alguns pilares importantes. São eles:

  • Tratamento psicoterapêutico: No qual o paciente recebe o amparo profissional para lidar com as suas questões emocionais.
  • Tratamento medicamentoso: De acordo com a prescrição médica.
  • Hábitos saudáveis: Com alimentação equilibrada; sono qualificado; exercícios físicos.
  • Inclusão de hábitos que gerem prazer e bem-estar: Como meditação, esportes, artes, hobbies de maneira geral.
  • Entre outros fatores que podem ser pensados de acordo com cada paciente.

Lembre-se de que o auxílio profissional é muito importante e deve sempre ser levado em conta. Cuide de você!

Referências

Ansiedade: o que é, sintomas físicos e psicológicos e tratamento. Disponível em: <https://saude.abril.com.br/medicina/ansiedade-o-que-e/> Acesso em 24 nov. 2021.

Depressão. Disponível em: <https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/depressao/> Acesso em 24 nov. 2021.

What Is Depression? Disponível em: <https://www.psychiatry.org/patients-families/depression/what-is-depression> Acesso em 24 nov. 2021.

What is depression and what can I do about it? Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/8933> Acesso em 24 nov. 2021.

Everything You Need to Know About Anxiety. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/anxiety> Acesso em 24 nov. 2021.

Conteúdo revisado por: Camila da Silva
Psicóloga (CRP12/17354). Acadêmica de Letras/ Português. Psicanalista em Formação.

Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br  
FALE CONOSCO: 
0800 500 9945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.