Anfetamina: o que é, efeitos, tipos e muito mais

Anfetaminas

Públicado em: 6 de novembro de 2021

Última Atualização em: 6 de novembro de 2021

As anfetaminas são mundialmente conhecidas como drogas sintéticas que podem causar efeitos intensos no Sistema Nervoso Central. Causam, ainda, dependência química e requerem uma atenção das autoridades, dos familiares de pessoas que apresentam comportamento de risco e da sociedade como um todo.

Por isso, neste texto nós buscamos disseminar a conscientização sobre esse assunto tão emergente, com o objetivo de educar a população sobre os riscos e consequências desse entorpecente.

Portanto, além de aprender um pouco mais sobre o tema, lembre-se de considerar o compartilhamento do conteúdo. Afinal, unidos poderemos impactar um maior número de pessoas e assim conscientizar um grupo ainda maior. 😉

Vamos lá!

  • O que é anfetamina?
  • Quais são os tipos de anfetaminas e exemplos mais comuns de anfetaminas?
  • Mas para que serve a anfetamina?
  • Quais são os efeitos do uso indevido de anfetaminas?
  • Quais são os riscos do uso das anfetaminas?
  • Quais são os efeitos e riscos do uso contínuo de anfetamina?
  • Como a anfetamina age no organismo?
  • Existe alguma relação entre anfetamina e emagrecimento?
  • Existem anfetaminas liberadas?
  • Quanto tempo dura o efeito da anfetamina?
  • Como cortar os efeitos da anfetamina?
  • Quais são os sintomas de overdose de anfetamina?
  • Qual é o tratamento mais adequado para dependentes de anfetamina?
  • O que significa psicose anfetamínica?

O que é anfetamina?

A anfetamina droga trata-se de um tipo de entorpecente simpatomimética que possui uma estrutura baseada em beta-fenetilamina. Assim, é possível encontrar algumas variações da droga, mas que levam em consideração a mesma base.

Trata-se, ainda, de uma droga sintética, ou seja, que precisa ser desenvolvida em laboratório. 

Relatos históricos apontam que ela foi feita, pela primeira vez, ainda no século XIX, por volta de 1880. Porém, o seu uso recorrente iniciou na Segunda Guerra Mundial.

anfetaminas imagem ilustrativa
anfetaminas imagem ilustrativa

Quais são os tipos de anfetaminas e exemplos mais comuns de anfetaminas?

Como mencionamos anteriormente, existem diversos tipos de anfetaminas, que levam em consideração a mesma estrutura de base, mas podem apresentar características diferentes. 

Conheça alguns tipos de anfetaminas:

  • Ecstasy;
  • “Rebite”;
  • Metanfetamina;
  • “Bolinha”;
  • MDMA;
  • Entre outros tipos que podem receber nomenclaturas diferentes.

Mas para que serve a anfetamina?

Normalmente, as anfetaminas são usadas para manter a mente e o corpo ativos. Ela provoca, nos primeiros momentos, uma sensação de prazer e motivação. Porém, à medida que o efeito vai passando, a sensação de exaustão e cansaço aumenta drasticamente.

Assim, em casos onde o indivíduo consome a droga para perder o sono (como no caso de motoristas que consomem para dirigir por longas horas a fio), o consumo precisa ser recorrente e cada vez maior. E isso, obviamente, é extremamente prejudicial para a saúde da mente e do corpo.

Entretanto, em alguns casos a anfetaminas podem ser indicadas pelo médico, a fim de lidar com questões específicas de um paciente, como déficit de atenção, por exemplo. 

Porém, quando usada indiscriminadamente e de forma ilegal, pode causar consequências intensas na saúde. 

Quais são os efeitos do uso indevido de anfetaminas?

Os efeitos do uso indevido das anfetaminas são diversos, e dependem da quantidade ingerida e a frequência de consumo. Veja, portanto, alguns desses efeitos:

  • Dilatação da pupila;
  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Gastrite;
  • Tremor nas mãos;
  • Boca seca;
  • Mal-estar;
  • Irritabilidade;
  • Acidente vascular cerebral;
  • Cansaço excessivo;
  • Sequelas cerebrais;
  • Diminuição da atenção e concentração;
  • Convulsões;
  • Depressão;
  • Dependência química.

Quais são os riscos do uso das anfetaminas?

Por se tratar de uma substância química sintética que age diretamente em nosso Sistema Nervoso Central, os seus riscos podem ser bem elevados. Veja alguns deles:

  • Riscos de Acidentes Vasculares Cerebrais;
  • Infarto;
  • Dificuldade para respirar;
  • Dependência química;
  • Psicose;
  • Ansiedade intensa;
  • Comportamentos obsessivos.

Além disso, o consumo exacerbado pode levar o indivíduo à overdose, ou seja, à morte. Portanto, trata-se de uma droga perigosa e que jamais deve ser consumida sem prescrição médica.

Quais são os efeitos e riscos do uso contínuo de anfetamina?

O uso contínuo da anfetamina pode provocar efeitos severos na saúde cerebral e do corpo como um todo. Inclusive, no caso de doses altas, o indivíduo pode evoluir a óbito, devido à overdose.

Como a anfetamina age no organismo?

As anfetaminas interferem nos neurotransmissores dopamina e noradrenalina. 

Com isso, aumentam a liberação desses neurotransmissores, ao mesmo tempo em que diminuem a recaptação dos mesmos, causando uma sobrecarga no cérebro. Isso faz com que o indivíduo fique muito ativo, agitado e hiperexcitado. 

Existe alguma relação entre anfetamina e emagrecimento?

Infelizmente, muitas pessoas consomem as anfetaminas com o intuito de emagrecer. Isso porque essa droga sintética, além de provocar agitação e ativação, também diminui o apetite, fazendo com que o indivíduo sinta menos fome. Porém, o uso indiscriminado é extremamente prejudicial!

Existem anfetaminas liberadas? 

Alguns medicamentos à base de anfetamina são liberados para a venda por meio da prescrição médica. Entretanto, apenas para casos específicos.

Quanto tempo dura o efeito da anfetamina?

Dependendo do tipo de anfetamina e da quantidade consumida, os efeitos podem durar de 8 a 12 horas. 

Como cortar os efeitos da anfetamina?

Infelizmente, não existe uma forma simples de expulsar a anfetamina do organismo. Mas sim, maneiras de ajudar o corpo a fazer a sua limpeza natural e gradativa.

Por exemplo, ingerindo bastante água; consumindo alimentos saudáveis e fazendo exercícios leves.

Em casos de efeitos intensos, busque ajuda médica, pois o profissional da saúde pode lhe ajudar nessa desintoxicação.

Quais são os sintomas de overdose de anfetamina?

Alguns dos sinais de overdose:

  • Taquicardia;
  • Agitação;
  • Convulsões;
  • Hipertermia;
  • Redução de urina;
  • Desmaio;
  • Rabdomiólise.

Qual é o tratamento mais adequado para dependentes de anfetamina? 

O tratamento deve acontecer em uma clínica de reabilitação, através do acompanhamento de uma equipe multidisciplinar. 

Assim, o indivíduo pode receber o suporte necessário para lidar com a sua saúde física e mental.

Dessa maneira, passa por três passos:

  1. Desintoxicação: Quando o indivíduo, por meio da ajuda médica, pode “limpar” o seu organismo.
  2. Conscientização: Que é o processo responsável por auxiliar o indivíduo a saber mais sobre as suas vulnerabilidades, gatilhos, condições, etc.
  3. Ressocialização: Que é o processo de reinserção social do sujeito, no qual a psicoterapia auxilia na recuperação das habilidades sociais do indivíduo.

Para encontrar uma clínica de reabilitação qualificada, conte com a nossa ajuda! Estamos aqui para lhe dar todo o suporte necessário em sua busca.

O que significa psicose anfetamínica?

Trata-se de alterações neurológicas causadas pela superdosagem de anfetamina. Ou seja, é uma psicose que se desenvolve por conta do consumo exagerado de anfetamina. 

Conclusão

Apesar de ainda estar muito presente na sociedade, a anfetamina, se usada de maneira indiscriminada e sem prescrição médica, traz diversos malefícios para a saúde.

Sendo assim, se você ou algum familiar está consumindo anfetamina e necessita de ajuda médica, entre em contato conosco. Dê esse passo em prol da saúde!

Referências

Overdose de anfetaminas. Disponível em: <https://bestpractice.bmj.com/topics/pt-br/341> Acesso em 04 nov. 2021.

Anfetaminas. Disponível em: <https://drauziovarella.uol.com.br/entrevistas-2/anfetaminas-entrevista/> Acesso em 04 nov. 2021.

Drogas, Anfetaminas e Remédios para Emagrecer. Disponível em: <https://www.fef.unicamp.br/fef/sites/uploads/deafa/qvaf/diagnostico_vinhedo_cap16.pdf> Acesso em 04 nov. 2021.

Anfetaminas. Disponível em: <https://www2.unifesp.br/dpsicobio/drogas/anfeta.htm> Acesso em 04 nov. 2021.

Amphetamines. Disponível em: <https://adf.org.au/drug-facts/amphetamines/> Acesso em 04 nov. 2021.

Conteúdo revisado por: Camila da Silva
Psicóloga (CRP12/17354). Acadêmica de Letras/ Português. Psicanalista em Formação.

As pessoas também perguntam:

Como funciona o auxílio doença dependente químico?

Defeitos de caráter do dependente químico

Como lidar com dependente químico em recuperação

Entenda a importância da participação da família no processo de tratamento do dependente químico

Como funciona a mente de um dependente químico?

Quanto tempo leva para desintoxicar um dependente químico?

Como lidar com marido dependente químico?

5 Dicas de como internar um dependente químico

Como funcionam os tratamentos espirituais para dependentes químicos?

Motivação para dependentes químicos

Atividades saudáveis para recuperação de dependentes químicos

12 passos para dependentes químicos

Como saber qual o melhor tratamento para dependentes químicos?

Quais são os desafios para o tratamento de dependentes químicos no Brasil?

Acesse nosso site: www.interhelpinternacao.com.br  
FALE CONOSCO: 0800 500 9945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.